Veja quais páginas foram removidas pelo Facebook por propagarem fake news

  • IG
  • 10/07/2020 19:17
  • Brasil/Mundo
Foto: Reprodução / Internet
Facebook

O Facebook removeu, na última quarta-feira (8), uma lista de páginas e perfil que, segundo a empresa, era responsável por propagar fake news e enganar usuários da rede. As páginas, segundo investigação, eram ligadas ao gabinete do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), bem como de seus filhos, Flávio e Eduardo Bolsonaro, e de alguns políticos do PSL, ex-partido de Bolsonaro. Foram derrubados 87 perfis e páginas do Facebook e Instagram.

Apesar do Facebook não ter divulgado os nomes das páginas removidas, o Laboratório de Pesquisa Forense Digital - DFRLab, na sigla em inglês - revelou as páginas, isso porque, em 2018, o DFRLab iniciou uma parceria com o Facebook para avaliar grupos responsáveis por disseminar notícias falsas em eleições democráticas.

Na época, o Laboratório americano elencou uma extensa lista de páginas e perfis que promoviam desinformação, inclusive no Brasil. "Entre esses ativos estavam duplicatas e contas falsas que promoviam  Bolsonaro e seus aliados em diversos grupos do Facebook, bem como páginas com centenas de milhares de seguidores, que publicavam memes pró-Bolsonaro e outros conteúdos depreciando seus críticos", afirmou o DFRLab por meio de nota.

Veja a lista, na sequência, das páginas removidas pelo Facebook que constam do relatório do DFRLab:

20 Oprimir; AlanaOpressora; alanaopressora (Instagram); Anticomunismo Brasil (Facebook); anticomunismo_brasil (Instagram); Arquivodoolavo; Artilhariadobem; Avozdopovonews; Bolsogordos; Bolsonaro 2026; Bolsonaro News; Bolsonarobravo; Bolsonaronewsss; Bolsonaroni; bolsonaropr2022 (Instagram); bolsonaroprnoplanalto; Bolsonarorepost; Bolsoneas (Facebook); Bolsoneas (Instagram); Casalbolsonaro; Comomeudinheironao; Cúpula Conservadora; Cupulaconservadora; Didireita2018; direitazonanorterj; Extrema vergonha na cara; Fechadocombolsonar; Gato Fingido; Ideologiabrasil; Jogo Político; jogopoliticobr; Nordestinos com Bolsonaro 2018; Notícias de São Bernardo do Campo; Passarinhovoou; porqueobolsonaro; The Brazilian Post; The Brazilian Post ABC; thebrazilianpost; Trumptrust9876; tudoehbolsonaro; tvanticomunismobrasil; Vim do Futuro pra Dizer que o Bolsonaro Virou Presidente.

Segundo o relatório, essas foram as páginas removidas pela rede social, sem contar os perfis pessoas que também foram alvos da remoção. Ainda segundo o DFRLab, algumas dessas páginas foram criadas e mantidas por membros do gabinete da família Bolsonaro e dos deputados estaduais Alana Passos e Anderson Moraes, ambos do PSL.