Durante pandemia, mais de 2.600 alagoanos perderam ou abandonaram plano de saúde

  • Redação
  • 09/07/2020 07:57
  • Saúde
Foto: Ilustração
Plano de saúde

Dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) apontaram que mais de 2.600 alagoanos perderam ou abandonaram o plano de saúde entre os meses de março e maio deste ano.

 Esse reflexo é tido em todo país, onde a maioria dos usuários enfrente os efeitos da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a ANS, em Alagoas o total de beneficiários atendidos por plano de saúde chega a 11,46% da população, o que representa 362.889 pessoas. De forma mais detalhada, a maior contratação no estado, é a coletiva, que conta com 238.723 assegurados. Os planos empresariais representam 73% dessa quantidade.

No país, o número de beneficiários caiu para 46,829 milhões de pessoas, contra 47,113 milhões no final de março.

"No geral, o setor manteve a tendência de estabilidade, com pequenas oscilações em relação aos meses anteriores. Cabe ressaltar que os números podem sofrer modificações retroativas em função das revisões efetuadas pelas operadoras", afirmou a agência, em nota.