O deputado estadual Tarcizo Freire (PP), encerra o primeiro semestre como um dos mais atuantes da Assembleia Legislativa do Estado (ALE). Freire apresentou inúmeras proposições, entre Projetos de Lei Ordinária (PLO), Moções, Requerimentos e Indicações.

O parlamentar que ocupa a vice-presidência da Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Turismo da Assembleia Legislativa de Alagoas, chegou a apresentar na Casa de Tavares Bastos um Requerimento que solicitava o cancelamento do recesso Legislativo.

Entre as principais Matérias do parlamentar está o Projeto de Lei Ordinária (344/2020), que visa promover a divulgação do Disque Denúncia Nacional, Estadual e da Central de Atendimento nas contas mensais dos serviços públicos de abastecimento de água, de distribuição de energia elétrica, de gás natural e de dados.

Preocupado com o aumento considerável do número de casos de Covid-19, no município de Arapiraca, inclusive com vítimas fatais, o deputado solicitou através de uma indicação a implementação urgente de um Hospital de Campanha no município, com leitos clínicos e leitos de UTI para combater a Pandemia do novo coronavírus.

Já na Indicação 598/2020, Freire solicita que o Estado efetue o pagamento de adicional de insalubridade em grau máximo, para profissionais na Rede de Saúde. A proposta, garante aos trabalhadores o equivalente a 40%, mais a contratação de seguro de vida em benefício desses profissionais, enquanto persistir a Pandemia de Covid-19. 

Em outra matéria, como medida de prevenção, controle e contenção de riscos, Tarcizo faz apelo ao Governo do Estado para que seja realizada a distribuição de embalagens de álcool em gel e máscaras de proteção para população de Alagoas.

 

“Apesar do momento crítico que estamos passando devido a Pandemia de Covid-19, um vírus que vem alarmando o país e todo o mundo, o primeiro semestre foi intenso e de muito trabalho.   Espero estar contribuindo para amenizar os problemas causados por essa Pandemia. Desejo que tudo isso passe logo e que o segundo semestre seja muito mais produtivo”, disse o deputado Tarcizo Freire.