Renan Filho vai enviar à ALE projeto para criar delegacia para combater crimes de corrupção

  • Raíssa França
  • 07/07/2020 12:39
  • Maceió
Renan Filho

O governador Renan Filho anunciou que vai enviar à Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) dois projetos para criação de duas delegacias: uma para coibir crimes para as populações vulneráveis e outra para combater crimes relacionados ao colarinho branco e corrupção.

Em entrevista à rádio CBN na manhã desta terça-feira (07), Renan disse que ontem recebeu uma ligação do presidente do Tribunal de Justiça, Tutmés Airan, que pediu para que o governador avaliasse a criação da delegacia para as pessoas vulneráveis. "É algo que o presidente já luta faz um tempo e que será olhado por mim também", disse.

A delegacia terá competência para investigar crimes contra idosos, adeptos de religiões de matriz africana, pessoas com deficiência, quilombolas, população em situação de rua, negros, ciganos, índios, lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros, entre outros. 

Conforme o governador, após o recesso da Assembleia Legislativa, ele pretende enviar, além do projeto da delegacia para as pessoas mais vulneráveis, outro para combater os crimes de colarinho branco. “Isso é uma maneira que vamos modernizar a estrutura da Segurança Pública para o fortalecimento do combate a todo tipo de crime. Quando acabar o recesso vou enviar para ALE e eles serão votados lá”, enfatizou.