Alagoas registra mais 851 casos de Covid-19 e número de infectados chega a 39.225

  • Redação*
  • 04/07/2020 17:11
  • Saúde
Covid-19

Mais 851 casos de Covid-19 foram registrados nas últimas 24 horas em Alagoas. Dessa forma, o estado tem um total de 39.255 casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 7.717 estão em isolamento domiciliar e 253 internados em leitos públicos e privados. Outros 30.695 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.340 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 21 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 1.134 óbitos por Covid-19.

Segundo o Boletim Epidemiológico divulgado neste sábado, dia 04, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) das 21 mortes confirmadas laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, quatro vítimas residiam em Maceió, sendo duas mulheres, de 71 e 49 anos; e dois homens de 83 e 71 anos. A mulher de 71 anos era diabética e faleceu no Hospital do Coração; e a mulher de 49 anos era hipertensa e faleceu no Hospital da Mulher. O homem de 83 anos era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; e o homem de 71 anos era diabético e faleceu na Santa Casa de Maceió.

A Covid-19 vitimou mais 17 pessoas que residiam no interior do Estado, sendo treze homens e quatro mulheres. O homem de 65 anos, de Cajueiro, era diabético e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 73 anos, de Palmeira dos Índios, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Palmeira dos Índios; outro homem de 71 anos, de Palmeira dos Índios, tinha doença cardiovascular e faleceu no Hospital Santa Rita; o homem de 71 anos, de Marechal Deodoro, era diabético e faleceu no Hospital Vida; outro homem de Marechal Deodoro, de 46 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 83 anos, de Joaquim Gomes, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 70 anos, de Matriz do Camaragibe, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Luiz Arruda; o homem de 85 anos, de Jequiá da Praia, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Coruripe; o homem de 56 anos, de Novo Lino, era diabético e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; o homem de 87 anos, de Tanque d´Arca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; o homem de 88 anos, de Igreja Nova, tinha doença cardiovascular e faleceu no Hospital Djacy Barbosa; o homem de 64 anos, de Arapiraca, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; e outro homem de Arapiraca, de 50 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Regional.

Em relação aos óbitos do sexo feminino, a mulher de 80 anos, de Arapiraca, era diabética e faleceu no Hospital Daniel Houly; outra vítima de Arapiraca, de 78 anos, não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; a mulher de 84 anos, de Palmeira dos Índios, não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Palmeira dos Índios; e a mulher de 74 anos, de Junqueiro, era diabética e faleceu no Hospital Regional de Arapiraca.

Os casos confirmados estão distribuídos em 102 cidades: Maceió (16.190), Arapiraca (3.210), Marechal Deodoro (1.328), São Miguel dos Campos (1.003), Coruripe (801), Rio Largo (776), Teotônio Vilela (725), Pilar (701), Campo Alegre (583), União dos Palmares (544), Boca da Mata (525), Girau do Ponciano (524), Porto Calvo (512), Matriz do Camaragibe (452), São Sebastião (446), Palmeira dos Índios (429), Atalaia (423), São José da Laje (400), São Luís do Quitunde (394), Capela (355), Junqueiro (334), Satuba (330), Maragogi (311), Messias (288), Santana do Ipanema (287), Olho d´Água das Flores (283), Murici (279), Delmiro Gouveia (269), Jequiá da Praia (266), Craíbas (265), Pão de Açúcar (264), Anadia (231), Piaçabuçu (203), Batalha (193), Major Izidoro (192), Passo de Camaragibe (189), Colônia Leopoldina (179), Maribondo (177), Penedo (171), São José da Tapera (148), Viçosa (146), Joaquim Gomes (143), Flexeiras (140), Taquarana (139), Santa Luzia do Norte (139), Coqueiro Seco (135), Cajueiro (134), Lagoa da Canoa (128), Limoeiro de Anadia (125), Paulo Jacinto (112), Quebrangulo (104), Ibateguara (104), Feira Grande (102), Japaratinga (101), Igreja Nova (101), Porto Real do Colégio (101), Barra de Santo Antônio (97), Paripueira (94), São Miguel dos Milagres (93), Barra de São Miguel (93), Novo Lino (92), Roteiro (89), Campo Grande (88), Traipu (87), Igaci (83), Branquinha (78), Coité do Noia (74), Palestina (74), Porto de Pedras (68), Tanque d´Arca (64), Ouro Branco (63), São Brás (62), Santana do Mundaú (59), Olivença (51), Cacimbinhas (46), Dois Riachos (46), Jacuípe (43), Campestre (40), Estrela de Alagoas (38), Olho d´Água Grande (37), Piranhas (35), Monteirópolis (30), Belém (30), Água Branca (29), Senador Rui Palmeira (28), Carneiros (27), Maravilha (22), Chã Preta (20), Pariconha (19), Poço das Trincheiras (19), Jaramataia (19), Pindoba (18), Feliz Deserto (18), Jundiá (16), Mar Vermelho (14), Mata Grande (14), Belo Monte (14), Canapi (10), Jacaré dos Homens (9), Minador do Negrão (7), Olho d´Água do Casado (6), e Inhapi (4). As outras 115 pessoas que testaram positivo para a Covid-19 em Alagoas eram naturais de Pernambuco, Tocantins, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Santa Catarina, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Ceará e Espírito Santo.

Óbitos

Até hoje, foram confirmados 1.134 óbitos por Covid-19 em território alagoano, mas, sete deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas cinco homens e duas mulheres.

Dos 1.127 residentes em Alagoas, 627 eram do sexo masculino e 500 do sexo feminino. Eram 709 pessoas que residiam em Maceió e as outras 508 moravam em Rio Largo (41), Arapiraca (45), União dos Palmares (19), São Miguel dos Campos (19), Coruripe (18), Pilar (18), Marechal Deodoro (18), Satuba (16), Palmeira dos Índios (13), São Luís do Quitunde (11), Teotônio Vilela (10), Matriz do Camaragibe (11), Boca da Mata (10), Murici (9), Maragogi (9), Santana do Ipanema (9), Atalaia (8), Porto Calvo (8), Messias (8), Cajueiro (8), Junqueiro (8), Joaquim Gomes (8), Paripueira (7), Passo do Camaragibe (7), Ibateguara (6), Maribondo (6), Barra de Santo Antônio (6), Campo Alegre (6), Jequiá da Praia (6), Delmiro Gouveia (5), Batalha (5), Coqueiro Seco (5), Piaçabuçu (5), Paulo Jacinto (5), Viçosa (5), Penedo (4), Campestre (4), Colônia Leopoldina (4), Olho d´Água das Flores (4), Girau do Ponciano (4), Barra de São Miguel (4), Flexeiras (4), Novo Lino (4), Igreja Nova (4), Olho d´Água Grande (3), Jundiá (3), Poço das Trincheiras (3), Lagoa da Canoa (3), Santana do Mundaú (3), São Sebastião (3), Santa Luzia do Norte (3), Feliz Deserto (3), Major Izidoro (3), São Miguel dos Milagres (3), São José da Laje (3), Japaratinga (3), Cacimbinhas (2), São José da Tapera (2), Senador Rui Palmeira (2), Porto Real do Colégio (2), Limoeiro de Anadia (2), Anadia (2), Piranhas (2), Ouro Branco (2), Maravilha (2), Capela (2), Feira Grande (2), Quebrangulo (2), Tanque D´Arca (2), Craíbas (1), Campo Grande (1), Pão de Açúcar (1), Belém (1), Canapí (1) Pindoba (1), Jacuípe (1), Porto de Pedras (1), Roteiro (1), Taquarana (1), Palestina (1), e Branquinha (1), e segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs).

Leitos de Covid-19 do Estado

Dos 1.238 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 662 estavam ocupados até as 17h de sexta-feira (03), o que corresponde a 53% do total. Atualmente, 211 pacientes estão em leitos de UTI, 25 em leitos intermediários e 426 em enfermaria.

*Com assessoria