Arquivo pessoal
Johathan Famuel e seu pai, pastor Jairo Érico

O alagoano estudante de medicina Jonathan Famuel Clementino Silva,  filho do pastor João Eurico, falecido no último dia 30 de maio, vítima da Covid-19, foi encontrado morto, dentro do seu apartamento, na cidade de Rosário, na Argentina. De acordo com a polícia local, o jovem teria morrido devido à inalação de monóxido de carbono.

Quando a polícia chegou ao apartamento encontrou as bocas do fogão acessas, como se tivessem sido utilizadas para aquecer o local, e todas as entradas de ar estavam fechadas.

Jonathan Fannduel Silva, tinha 19 anos e segundo fontes do Ministério Público de Acusação (MPA) de Rosário, o estudante foi encontrado por um grupo de amigos na noite desta sexta-feira, dia 03, que estavam preocupados com a ausência do colega e por isso foram até seu apartamento.

Equipes da polícia e dos bombeiros estiveram no local para a realização dos procedimentos legais.

Nas redes sociais, a Assembleia de Deus manifestou pesar pela morte precoce de Jonathan Famuel Clementino Silvae se solidarizou com a família enlutada.

*Com Ojo de Prensa/Argentina