Estádio Coaracy da Mata Fonseca se transforma no maior do interior de Alagoas

  • Roberto Gonçalves
  • 04/07/2020 14:38
  • Roberto Gonçalves

História da Praça de Esportes se completa com a da Agremiação Sportiva Arapiraquense (Asa) fundada em 25 de setembro de 1952 há 67 anos

A história do Estádio Municipal de Arapiraca está ligada a dois  ex-prefeitos de Arapiraca, o Dr. Coaracy da Mata Fonseca     que foi o vigésimo prefeito de da terra de Manoel André que assumiu a prefeitura, no dia 30 de Janeiro de 1951. O gestor adquiriu o terreno onde seria construído o estádio
No início de 1976, na gestão do então prefeito Agripino Alexandre, o "Fumeirão" recebeu as primeiras melhorias, por conta disso, o ASA não disputou nenhuma partida em Arapiraca no Campeonato Alagoano daquele ano. No dia 29 de Outubro de 1977, o Estádio Coaracy da Mata Fonseca deixou de ser o Poeirão. Foi um grande passo de Arapiraca no campo espórtivo e um marco na gestão do então prefeito Agripino Alexandre. 
A Praça de Esportes recebeu um gramado impecável, fosso divisor da torcida com o campo de jogo; refletores e lances de arquibancadas. A partida de reinauguração foi contra o “Leão da Ilha”, como é chamado carinhosamente o Sport Club do Recife pela sua grande torcida, e o placar terminou com a vitória dos pernambucanos por 2 a 0.
Posteriormente, após algumas melhorias de menor expressão ao longo dos anos, o estádio teve, em 2010, a sua maior transformação desde aquela promovida pelo prefeito Agripino Alexandre, em 1976. Na administração do prefeito Luciano Barbosa, o fosso foi suprimido; o gramado inteiramente substituído; nova iluminação; ampliação das arquibancadas da ala oeste; novas cabines de rádio e televisão; vestiários; uma nova fachada, enfim, o Fumeirão ganhou uma cara nova. Após essa intervenção, o estádio passou a ter uma capacidade de público estimada em 15.000 pessoas.
Na gestão do prefeito Rogério Teófilo estádio passa pela maior reforma da sua história
O Estádio Coaracy da Mata Fonseca atualmente vai ganhando novos ajustes para voltar a receber os jogos do ASA na continuação da temporada. A administração do Fumeirão aproveitou a paralisação de atividades no futebol para dar andamento na reforma.No projeto, a estrutura que está sendo montada deve aumentar a capacidade do estádio para 10 mil pessoas.
Torcedores conheceram reformas do "Fumeirão"
Na última sexta-feira (03), o torcedor teve a oportunidade de rever as dependências do Estádio Coaracy da Mata Fonseca, palco de grandes clássicos do nosso futebol e orgulho dos arapiraquenses. O estádio passa por uma das maiores reformas da sua história, com construção de novas arquibancadas de alvenaria, camarotes, novo setor de imprensa, novos vestiários, entre outros. A previsão de conclusão da obra é dezembro de 2020.
Para matar a saudade da melhor e mais importante praça de esportes do interior do Estado, a administração do Coaracy da Mata, vai abriu as portas para visitação na última sexta-feira (03), das 09h às 12h. Durante a visita as obras do Fumeirão, o torcedor teve a oportunidade de conhecer melhor tudo que está sendo feito para oferecer uma melhor comodidade e conforto a fiel torcida alvinegra e aos visitantes em dias de jogos. 
Nesse primeiro momento da reforma, está sendo concluída a arquibancada do Setor Leste, onde funcionavam as antigas metálicas. Agora, todo setor será interligado a arquibancada de entrada principal do Estádio. Com capacacidade de mais espectadores. 
Para João Sales, administrador do Estádio, "Arapiraca terá um novo Coaracy, digno do torcedor das duas torcidas da cidade (ASA e Cruzeiro). Pois aqui nessa praça eles mandarão seus jogos, nas competições estaduais e nacionais que vierem a disputar. Asseguro que essa é a maior obra de reforma que esse Estádio passa em toda a sua história", disse Sales.
Na última sexta-feira (03) o deputado federal Marx Beltrão que liberou recursos através de emendas para a sua grade reforma e transformação em companhia do prefeito Rogério Teófilo esteve visitando as obras do Estádio. O parlamentar ficou entusiasmado com o volume de obras realizadas em Arapiraca através das suas emendas e elogiou a gestão séria, realizadora e transparente  do prefeito Rogério Teófilo.