Foto: AFP
Covid-19

Vinte cidades alagoanas ainda não registram mortes por Covid-19. Segundo o boletim epidemiológico 119, divulgado pela Secretaria do Estado da Saúde (Sesau), todos os 102 municípios têm casos confirmados e o estado somou, nesta sexta-feira (3), 38.404 infectados pela doença e 1.113 óbitos.

Passados 93 dias da primeira morte por coronavírus registrada em Alagoas - no dia 31 de março, um homem de 64 anos que faleceu em Maceió- o número de casos no interior segue avançando, apesar dos Decretos Emergenciais dos governos Estadual e Municipal, que determinam medidas sanitárias e o isolamento social.

Ainda não tem registro de óbitos os seguintes municípios: Água Branca, Belo Monte, Carneiros, Chã Preta, Coité do Noia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Igaci, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Mar Vermelho, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis, Olha D’Água do Casado, Olivença, Pariconha, São Brás e Inhapi.

A cidade com maior número de mortes por Covid-19 é Maceió, com 616. Arapiraca e Rio Largo aparecem em seguida, com 42 e 41 óbitos registrados, respectivamente.

Entre as cidades que registram apenas um óbito em decorrência do coronavírus estão: Belém, Jacuípe, Pindoba, Roteiro, Taquarana, entre outras.

Nesta sexta-feira, a capital alagoana iniciou a primeira etapa de flexibilização, com a abertura de lojas do comércio e a liberação de atividades físicas de forma individual, em praças e na orla. Diferente do restante do estado, Maceió avançou para a faixa laranja, do Distanciamento Social Controlado, apresentado na Matriz de Risco, pelo governo estadual, que autoriza o funcionamento de algumas atividades, com capacidade reduzida e consideradas não essenciais como: salões de beleza e barbearia, lojas ou estabelecimentos de rua com até 400m2, templos e igrejas. O uso de máscara segue sendo obrigatório para toda a população.

Já os municípios do interior alagoano, não apresentaram redução no número de casos e, por isso, seguem com medidas mais rígidas e sem flexibilização.

Confira a distribuição de óbitos e casos confirmados por município, em Alagoas:

*Sob supervisão da editoria