Foto: Assessoria
Pauline Pereira

A presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Pauline Pereira, foi uma das premiadas pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) por ações desenvolvidas para crianças e adolescentes no município de Campo Alegre. O prêmio é o resultado do Programa Prefeito Amigo da Criança, divulgado nesta quarta-feira (01). Além de Campo Alegre, os municípios de Alagoas Maragogi e Delmiro Gouveia também foram premiados.

A premiação reconhece os governantes locais que se dedicaram e cumpriram todas as etapas propostas ao longo dos quatro anos de gestão, alcançando as metas estipuladas pela Fundação Abrinq. Assim, os prefeitos e prefeitas que desenvolveram políticas voltadas às crianças e aos adolescentes e contribuíram para a melhoria de indicadores importantes para este público recebem o reconhecimento de Prefeito Amigo da Criança.

Neste ano, 125 prefeitos e prefeitas foram reconhecidos, mas por conta da pandemia do novo coronavírus, o resultado foi publicado no site da Abrinq, onde consta os avanços de cada município.

“Após a adesão em 2017, eu prefeita Pauline Pereira e toda minha equipe priorizamos ainda mais ações para criança e adolescentes na faixa etária de 0 a 17 de idade. Ganhando destaque através da elaboração e implementação do municipal pela infância e adolescência, o mesmo se tornou lei, com a finalidade de garantir a proteção integral, a promoção e a defesa das crianças e adolescentes em todos os seus direitos, sendo perceptível a mudança da cidade”, afirmou a prefeita ao agradecer todos os envolvidos.

De acordo com o Observatório da Criança e do Adolescente (2019), 23.111 crianças e adolescentes vivem em Campo Alegre. Albuquerque assinou o termo de adesão ao Programa Prefeito Amigo da Criança no dia 11/04/2017, já na condição de prefeita. Sua adesão representa a segunda vez que a gestão municipal de Campo Alegre participa do programa, no entanto, esta é a primeira vez que um gestor do município é reconhecido como Prefeito Amigo da Criança.

Em Campo Alegre os avanços destacados foram:

A redução de 3 pontos na média de alunos por turma nas pré-escolas da rede municipal, de 28,3 alunos por turma, em 2016, para 25,3, em 2019.

O aumento de 27,3 pontos percentuais na proporção de docentes de pré-escolas públicas municipais com ensino superior, de 48,50%, em 2016, para 75,80%, em 2019.

A redução de 8,3 pontos na taxa de distorção idade-série no Ensino Fundamental, anos iniciais, da rede pública municipal. De 16,4, em 2016, para 8,1, em 2019.

Aumento de 5,1 pontos percentuais na taxa de matrículas na Educação Infantil (etapa creche). De 21,8%, em 2016, para 27%, em 2019.

Aumento de 6,6 pontos no percentual de nascidos vivos cujas mães fizeram 7 ou mais consultas pré-natal. De 79,2%, em 2016, para 85,8%, em 2019.

Ao longo das 6 edições, 10.080 prefeitos e prefeitas de todos os estados brasileiros participaram do programa.