Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Imagens da live mostram Alexandre Aires (acima) e Rodrigo Buarque na noite desta quinta-feira, 25

O presidente do Cosems/AL, Rodrigo Buarque, secretário de Saúde de Jundiá/AL, destacou na noite desta quinta-feira, 25, em live realizada pelo titular da Sesau, Alexandre Ayres, as ações e dificuldades dos municípios alagoanos diante da pandemia da Covid-19.

Rodrigo ressaltou a parceria que vem dando certo com o Estado e pontuou a necessidade de melhorar a resposta do Lacen aos resultados dos exames, situação que tem afligido os gestores municipais da Saúde, que estão na linha de frente de combate a este vírus, muitas vezes letal.

"Precisamos de respostas mais rápidas do Lacen já que há certa morosidade pela grande demanda. A Sesau garantiu buscar parcerias para termos celeridade nos resultados e diminuir a angústia dos gestores, pacientes e seus familiares", enfatizou o presidente do Cosems/ AL.

Rodrigo reforçou a satisfação, enquanto presidente do Cosems, em contribuir nesta discussão, que é o maior desafio de sua vida, já que assumiu o cargo durante a pandemia, que será um marco em sua trajetória profissional.

"É um trabalho a quatro mãos, tendo o secretário de Estado da Saúde como autoridade sanitária de Alagoas e sabemos que muitas vezes dependemos do tripé MS, Estado e municípios", afirmou. Rodrigo lembrou que semana passada o Cosems encaminhou oficio ao Conasems sobre a necessidade de mais testes rápidos para Alagoas. " Estamos sempre buscando soluções para respaldar os gestores e técnicos municipais de Saúde para termos dias melhores para nosso Estado", salientou Rodrigo, acrescentando que Alagoas precisa de mais remessas de EPIs.

Rodrigo reconheceu o compromisso da Regulação do Estado para transferir pacientes e atender as solicitações dos secretários de Saúde, bem como o apoio aos Centros de Triagens e hospitais para que o usuário do SUS seja tratado com humanidade e de forma célere.

O presidente do Cosems reafirmou que a parceria com o Estado é salutar para traçar estratégias que refletirão em dias melhores para os alagoanos.

O secretário Alexandre Ayres pontuou tudo que o Estado vem fazendo para minimizar a situação e destacou o apoio dado os municípios no tocante ao fortalecimento da rede hospitalar e a parceria com os gestores municipais na abertura de leitos, já que hoje são mais de 1.180 em todo o Estado.

Com relação à demora nos resultados dos testes do Lacen, Ayres disse que o Estado está empenhado em  aprimorar a parceria para aumentar os testes e acelerar os resultados. "Nosso objetivo é melhorar a prestação dos serviços e investir no tratamento precoce da Covid-19 para salvar mais vidas em Alagoas", afirmou.

Ele ressaltou a parceria com os municípios e, neste contexto, disse que distribuiu 100 mil azitromicinas, 25 mil testes rápidos, milhares de EPIs, tomografias e repasse financeiro para ajudá-los nas UPAs e pronto atendimentos.

Ayres frisou ainda as discussões constantes na Sala de Situação e COE e da participação efetiva da secretaria executiva do Cosems Sylvana Medeiros nas reuniões e assessoria técnica aos municípios.

O secretário reforçou a importante parceria com o presidente do Cosems, Rodrigo, por enfrentar junto à Sesau a maior pandemia desta geração. " Já são mais de 3 mil pessoas que passaram pelos leitos criados para  a Covid-19 e mais de 2 mil profissionais contratados", completou Ayres.

Com inofrmações da Assessoria do Cosems/AL