Girau do Ponciano: primeiro município brasileiro no tratamento precoce para vencer a covid-19

  • Assessoria
  • 24/06/2020 15:50
  • Interior

O Tratamento Precoce é o remédio de Girau para vencer a covid-19. Girau do Ponciano, município do Agreste alagoano, com pouco mais de quarenta mil habitantes, é o primeiro município brasileiro no tratamento precoce da covid-19, implantado pela Instrução Normativa Municipal - 03, de 25 de maio de 2020.

Barreiras sanitárias, testes rápidos, unidades de saúdes abertas, agentes de saúde e da vigilância sanitária são acionados para detecção de pessoas com o menor sintoma de gripe, ou síndrome respiratória característica da covid-19. Esse tratamento precoce segue um protocolo de ações inéditas, que permite o teste e acompanhamento pelas equipes de saúde do município, com médicos que prescrevem, se necessário, um conjunto de medicamento, elaborado pelo Grupo Técnico do Plano Municipal de Contingência do Novo Coronavírus (COVID-19). O resultado aparece quando pacientes submetidos a esse tratamento precoce se recuperam entre quatro a sete dias, com o acompanhamento médico e das equipes de saúde. Essas ações começaram a ser planejadas e executadas já há três meses.

Foi em 16 de março de 2020, em uma reunião convocada pelo executivo municipal, que a luta contra o coronavírus deu início a todo o processo de enfrentamento à covid-19.

Com o Decreto Municipal 09/2020, de 17 de março, foi criado o Grupo Técnico do Plano Municipal de Contingência do Novo Coronavírus (COVID-19). Iniciam-se nesse momento, as ações preventivas e de enfrentamento, como as primeiras medidas contra o coronavírus.

 Convidado pelo prefeito do município, David Barros, para fazer parte da equipe, o ex-secretário do Estado de Alagoas, o médico André Valente integra o Grupo Técnico do Plano Municipal de Contingência do Novo Coronavírus (COVID-19).

Após avaliação do sistema de saúde de Girau, André Valente se mostrou surpreso com a eficiência das equipes de saúde, e a extensão do PSF, com 13 Unidades Básicas espalhadas por todo o município, composta por equipes completas de saúde.

 “Não foi simplesmente uma decisão técnica, o Tratamento Precoce, porém, foi a estrutura de um sistema de saúde que a atual gestão adotou, desde o seu início, que possibilitou a implantação deste programa inovador do tratamento precoce, no Brasil, destacou André Valente.
A equipe do grupo técnico formulou e iniciou o processo de treinamento das equipes de saúde, o programa de sanitização da cidade, distribuição de máscaras e cestas nutricionais, barreiras sanitárias e testes rápidos na população.
     Com a preocupação de não superlotar o hospital de campanha do município, e de não conseguir vagas nos hospitais do Sistema Único de Saúde(SUS), iniciou-se a busca de pessoas sintomáticas da covid-19. Mesmo ao sentir o menor sinal da doença, a população foi incentivada a procurar o posto de saúde mais próximo.
     O município implantou, também, uma comunicação institucional e educativa no sentido de informar à população para procurar o atendimento precoce com acompanhamento médico nas unidades de saúde(UBSs). O uso de carros de som, rádios, redes sociais com postagens de mensagens e lives (transmissão ao vivo), são amplamente usados nesse processo de conscientização.

 Para o prefeito David Barros, o tratamento precoce é o melhor instrumento de prevenção no enfrentamento da covid-19. O hospital de campanha é necessário, como constatam as internações de casos graves, porém, graças ao empenho do Grupo Técnico de Combate à covid-19,  e preparo das equipes de saúde, a doença não atinge o seu estágio avançado, justamente onde a mortalidade atinge o seu ápice.

O município sai na frente com esse tratamento precoce, e hoje, serve como referência, tanto para o estado de Alagoas como para o governo federal.