Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Alexandre Ayres

Depois de ultrapassar a marca dos 10 mil casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Alagoas, o secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres realizou uma coletiva online, nesta segunda-feira, dia 01, na qual anunciou que, de acordo com o Boletim Epidemiológico de hoje, o estado registrou 549 novos casos, totalizando 10.837 e mais 18 óbitos, chegando a 461 mortes devido à Covid-19.

Ayres disse que a transmissão do vírus tem se acentuado, o que se confirma pelos números, e reforçou a necessidade da prorrogação do decreto de Isolamento Social. “O estado tem 1021 leitos e estamos trabalhando na abertura de novos leitos”, explicou o gestor, acrescentando que o ideal é manter a taxa de ocupação entre 70% a 80% de ocupação.

A respeito da fraude na compra dos respiradores (Alagoas é um dos estados lesados pela quadrilha ligada à empresa Hempcare, da qual o Consórcio Nordeste comprou 300 respiradores que não foram entregues), o titular da Saúde comentou a operação Ragnarok, realizada pela Polícia Civil da Bahia, e questionou como as pessoas têm  coragem de vender o que não irão entregar. Ele garantiu que irá cobrar cada centavo que foi pago pelo estado de alagoas: “Já oficiamos o governador da Bahia e o secretario de saúde e se comprometeram a ressarcir o governo”.

Apesar da falta que esses equipamentos (o estado deveria receber 30 respiradores, comprados por R$ 4 milhões) fará no enfrentamento do coronavírus em Alagoas, Ayres tranqüilizou a população, afirmando que outras medidas serão tomadas e estão buscando oportunidades no mercado, embora exista muita escassez.

O acordo feito pelo consórcio com a empresa foi pela devolução do dinheiro em 15 dias, disse Ayres.

Contágio

A respeito do contágio o secretário falou que há uma pequena estabilização na região metropolitana e o vírus está migrando rapidamente para o interior. Ele voltou a pedir que a população siga utilizando as máscaras e respeitando as medidas de isolamento social. “As curvas epidemiológicas estão sendo estudadas junto a uma equipe de médicos e não descartamos nenhuma outra medida que possa vir a ser tomada no estado”, prosseguiu.

Ele anunciou ainda que até sexta-feira, 6, serão abertos leitos de UTI em Santa do Ipanema , em Delmiro Gouveia e em Piranhas. Quanto à ampliação de leitos o secretário disse que está pactuando com hospitais filantrópicos e com certeza serão ampliados nos últimos dias.

“O estado tem 1021 leitos e estamos trabalhando na abertura de novos leitos”, concluiu,i reforçando que isso tem feito que sempre fiquemos em uma taxa entre 70% a 80% de ocupação.

Boletim Epidemiológico

Das 18 mortes regitradas nas últimas 24 horas por conta do novo coronavírus  entre as vítimas que residiam em Maceió, sete eram homens, com idades entre 97, 64, 72, 69, 74, 68 e 84 anos; e seis mulheres, com idades de 39, 64, 60, 61, 61 e 59 anos

O homem de 97 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Benedito Bentes; o homem de 64 também não tinha comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 72 anos também não tinha registro de comorbidades e faleceu na UPA Tapiche; o homem de 69 anos não tinha comorbidades e faleceu na UPA Tabuleiro; o homem de 74 anos era hipertenso e diabético e faleceu no Hospital da Mulher; o homem de 68 anos era hipertenso e faleceu no Hospital Universitário; e o homem de 84 anos tinha doença renal crônica e faleceu no Hospital Universitário.

Quanto às vítimas do sexo feminino que residiam na capital alagoana, a mulher de 39 anos era obesa e faleceu na UPA do Tabuleiro; a mulher de 64 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Universitário; a mulher de 60 anos era diabética e faleceu na UPA Benedito Bentes; a mulher de 61 anos não tinha comorbidades e faleceu na UPA Tabuleiro; a outra vítima de 61 anos também não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Geral do Estado (HGE); e a vítima de 59 anos não tinha registro de comorbidades e faleceu no Hospital Sanatório.

Mais cinco vítimas da Covid-19 residiam no interior do Estado. Uma mulher de 71 anos, que morava em União dos Palmares, não tinha comorbidades e faleceu no Hospital da Mulher; a mulher de 58 anos, que residia em Messias, era diabética e faleceu no Hospital da Mulher; e a mulher de 54 anos, que residia em Coruripe, era hipertensa e faleceu no Hospital Universitário. Um homem de 72 anos, de Rio Largo, tinha doença pulmonar obstrutiva crônica e faleceu no HGE. Outro homem, que residia em São José da Laje, tinha 69 anos, tinha doença hepática crônica e faleceu no HGE.

Os casos confirmados estão distribuídos em 100 cidades: Maceió (6.097), Arapiraca (418), Marechal Deodoro (300), São Miguel dos Campos (241), Teôtonio Vilela (219), São Sebastião (187), Rio Largo (187), União dos Palmares (178), Atalaia (173), Porto Calvo (154), Pilar (135), Satuba (134), Coruripe (126), Palmeira dos Índios (125), Junqueiro (112), Maragogi (106), Jequiá da Praia (96), Murici (94), Capela (94), Santana do Ipanema (86), São José da Laje (69), Santa Luzia do Norte (67), Quebrangulo (64), Craíbas (55), São Luís do Quitunde (57), Matriz do Camaragibe (54), Passo de Camaragibe (52), Bocada Mata (46), Girau do Ponciano (45), Paulo Jacinto (38), Colônia Leopoldina (37), Anadia (37), Penedo (34), Coqueiro Seco (34), São José da Tapera (33), Cajueiro (32), Messias (32), Joaquim Gomes (32), Maribondo (29), Japaratinga (29), Paripueira (28), Olho d´Água das Flores (26), Porto de Pedras (26), Piaçabuçu (26), Viçosa (25), São Miguel dos Milagres (24), Delmiro Gouveia (24), Major Izidoro (22), Batalha (22), Barra de São Miguel (22), Barra de Santo Antônio (21), Campo Alegre (21), Flexeiras (20), Campestre (18), Pãode Açúcar (18), Feira Grande (15), São Brás (14), Dois Riachos (13), Ouro Branco (13), Taquarana (12), Carneiros (12), Limoeiro de Anadia (11), Lagoa da Canoa (11), Jacuípe (11), Santana do Mundaú (10), Campo Grande (10), Branquinha (10), Cacimbinhas (9), Traipu (9), Tanque d´Arca (9),  Olho d´Água Grande (8), Porto Real do Colégio (8), Olivença (8), Piranhas (8), Roteiro (8), Monteirópolis (7), Pindoba (7), Igaci (7), Senador Rui Palmeira (7), Coité do Noia (6), Ibateguara (6), Olho d´Água do Casado (5), Maravilha (5), Poço das Trincheiras (4), Feliz Deserto (4), Mar Vermelho (4), Estrela de Alagoas (4), Inhapi (3), Canapi (3), Chã Preta (3), Novo Lino (3), Igreja Nova (3), Belém (2), Belo Monte (2), Jundiá (2), Minador do Negrão (2), Palestina (2), Jacaré dos Homens (2), Jaramataia (1) e Pariconha (1). As outras 51 pessoas que testaram positivo para a Covid-19 em Alagoas eram naturais de Pernambuco, Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Santa Catarina, Maranhão, Minas Gerais e Paraná.

Óbitos 

Até hoje, foram confirmados 461 óbitos por Covid-19 em território alagoano, mas quatro deles eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas três homens e uma mulher. Dos 457 residentes em Alagoas, 254 eram do sexo masculino e 203 do sexo feminino. Duzentas e oitenta e nove residiam em Maceió e as outras 168 em Marechal Deodoro (11), Rio Largo (19), União dos Palmares (13), Arapiraca (11), Coruripe (8), Satuba (6), Maragogi (5), Pilar (4), São Miguel dos Campos (4), Joaquim Gomes (4), Murici (4), Messias (4), Paripueira (3), Santana do Ipanema (3), Palmeira dos Índios (3), Ibateguara (3), Piaçabuçu (3), Jequiá da Praia (3),Atalaia (3), Barra de São Miguel (2), Teotônio Vilela (2),Campestre (2), Delmiro Gouveia (2), Paulo Jacinto (2), Penedo (2), Porto Calvo (2), Matriz do Camaragibe (2),Boca da Mata (2),Passo do Camaragibe (2), Lagoa da Canoa (2), Santa Luzia do Norte (2) São Miguel dos Milagres (1), Viçosa (1), Anadia (1), Limoeiro de Anadia (1), Maribondo (1), Campo Alegre (1), Batalha (1), Cacimbinhas (1), Flexeiras (1), Japaratinga (1), Novo Lino (1), Campo Grande (1), Pão de Açúcar (1), Barra de Santo Antônio (1), Cajueiro (1), Feliz Deserto (1), Major Izidoro (1), São Sebastião (1), Santana do Mundaú (1), Junqueiro (1), Poço das Trincheiras (1), Belém (1), Jundiá (1), Craíbas (1), Canapí (1) São Luís do Quitunde (1), Tanque D´Arca (1),  São José da Tapera (AL), Capela (1) e Olho d´Água das Flores (1), segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs).

Leitos de Covid-19 do Estado

Dos 1.021 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus, 615 estavam ocupados até as 18h desta segunda-feira (01/05), o que corresponde a 60% do total – 162 pacientes estão em leitos de UTI, 13 em leitos intermediários e 440 em enfermaria.