Vinícius Firmino/Ascom ALE Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Mesa Diretora da ALE

O deputado Tarcizo Freire (PP) requereu à Mesa Diretora da Casa de Tavares Bastos o cancelamento do recesso legislativo do meio do ano, entre os dias 30 de junho e 1º de agosto, em razão da pandemia do novo coronavírus.

No requerimento protocolado na quarta-feira (27), o parlamentar defendeu a necessidade da medida, devido ao caráter excepcional do momento, estando o Brasil no epicentro da Covid-19 e Alagoas em curva crescente de casos. O deputado demonstrou preocupação ainda com o eventual aumento de óbitos no estado, caso o sistema de saúde entre em colapso.

Para ele, o recesso poderá trazer “enormes prejuízos à população”, que no momento necessita do Poder Legislativo para colaborar com a resolução de problemas e continuar trabalhando para amenizar os efeitos negativos da pandemia.

Tarcizo Freire lembrou também que tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado já cancelaram o recesso do meio do ano.

A decisão de que o Congresso Nacional seguirá trabalhando sem interrupções no mês de julho foi anunciada pelo presidente Davi Alcolumbre, no dia 18 de maio. Na Câmara e no Senado, o recesso parlamentar do meio do ano é de 18 a 31 de julho, menor que no caso do parlamento alagoano. 

A presidência da Assembleia Legislativa de Alagoas ainda não se manifestou sobre o pedido, que deve passar pela análise do Plenário.