Foto: Reuters/Wolfgang Rattay Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Covid-19

Mais 328 casos de Covid-19 em Alagoas foram confirmados, segundo o Boletim Epidemiológico deste sábado (23). Dessa forma, o estado tem um total de 5.630 casos confirmados do novo coronavírus até o momento. Sobre o número de óbitos, Alagoas também teve um aumento. Mais 21 mortes foram registradas em decorrência do novo coronavírus, ao todo, são 301 óbitos.

Dos casos confirmados, 1.868 estão em isolamento domiciliar e 237 internados em leitos públicos e privados. Outros 3.224 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. 

Há 1.427 casos em investigação laboratorial. Foram registradas mais 21 mortes em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 301 óbitos por Covid-19.

Das 21 mortes registradas, nove óbitos eram de pessoas que residiam em Maceió, sendo seis homens, com idades de 40, 77, 82, 56, 83 e 80 anos; três mulheres com idades de 64, 93 e 74 anos.

Em relação aos óbitos dos homens que moravam na capital alagoana, o homem de 40 era diabético e faleceu no Hospital Universitário; a vítima de 77 anos era hipertenso e faleceu no Hospital Arthur Ramos; o homem de 82 anos era diabético e faleceu na Santa Casa de Maceió; o homem de 56 anos era hipertenso e faleceu no Hospital da Mulher; a vítima de 83 anos tinha doença cardiovascular crônica e faleceu no Hospital Geral do Estado; o homem de 80 anos era diabético e faleceu na UPA do Tabuleiro.

Já as mulheres que também residiam em Maceió, a vítima de 64 anos não tinha comorbidades e faleceu no Hospital Humanité; a vítima de 93 era diabética, tinha Alzheimer e faleceu no Hospital do Coração; a mulher de 70 anos era hipertensa e faleceu no Hospital da Mulher.

Mais onze óbitos foram registrados no interior de Alagoas. Um homem de Coruripe, de 43 anos, que não tinha comorbidades, faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; um homem de Piaçabuçu, de 69 anos, sem registro de comorbidades, faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; uma vítima do sexo masculino, 61 anos, de Satuba, era diabético e faleceu no Hospital Metropolitano; um homem de 32 anos, de Jequiá da Praia, era diabético, e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; um homem de 87 anos, de Campestre, não tinha comorbidades, e faleceu no Hospital da Mulher; um homem de 70 anos, de Joaquim Gomes, era diabético e faleceu no Hospital de Joaquim Gomes; um homem de 87 anos, de Major Isidoro, não tinha comorbidades e faleceu no Hospital Daniel Houly; e um homem de 51 anos, de Delmiro Gouveia, não tinha comorbidades e faleceu na Hospital de Emergência do Agreste.

Já as vítimas do sexo feminino que residiam no interior, uma mulher de 76 anos, residente em Feliz Deserto, não tinha comorbidades e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; uma mulher 73 anos, de Coruripe, não tinha comorbidades e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; outra vítima do sexo feminino, 85 anos, de Coruripe, era diabética e faleceu no Hospital Carvalho Beltrão; e uma mulher de 61 anos, de Rio Largo, era diabética e faleceu no Hospital Geral do Estado.