Agência Brasil Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Profissionais da saúde

O tempo de serviço (a partir de 240 horas) prestado por profissionais de saúde durante a pandemia do novo Coronavírus pode contar como “título” em futuros concursos públicos realizados em Alagoas. É isso o que propõe o Projeto de Lei (PL), de autoria do deputado Galba Novaes, protocolado na quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa.

A atuação dos profissionais pode ser em hospitais públicos (das redes federal, estadual e municipal) ou privados.

Por meio de sua assessoria de Comunicação, Galba destacou que a proposta é uma forma de incentivo a quem se dedicou a salvar vidas durante a pandemia.

Lei Maria José

Também como forma de recompensar os esforços daqueles que estão na linha de frente o deputado Davi Maia apresentou um PL propondo que dependentes dos funcionários ou servidores públicos de Alagoas, não apenas a área da saúde, que morrerem no exercício de atividade essencial por conta da pandemia, recebam pensão especial complementar.

“A lei receberá o nome Lei Maria José, em homenagem a profissional do Samu que faleceu em decorrência do coronavírus em Alagoas”, disse Maia, também via assessoria.