Foto: Márcio Ferreira Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Governador Renan Filho no Hospital de campanha

Durante a entrega do hospital de campanha na manhã desta sexta-feira (22), no Centro de Convenções, em Jaraguá, o governador Renan Filho disse que o Ministério da Saúde ainda não enviou os 30 respiradores para Alagoas. Renan assumiu que “já está com vergonha de cobrar os respiradores que o MS prometeu”.

O governador disse que apesar de está com vergonha, ele vai deixar a vergonha de lado porque está cobrando os respiradores para o povo alagoano. “Cobrei ontem, vou cobrar hoje. Todos os dias eu ligo para cobrar e disse que o MS não esqueça dos respiradores".

Sobre o hospital de campanha entregue hoje, Renan disse que 450 profissionais vão trabalhar no local que vai contar 150 leitos. “Alagoas está entregando cerca de 1.000 novos leitos”. “Mas se todo mundo se contaminar ao mesmo tempo, os leitos não serão suficientes”, reforçou.

Foto: Márcio Ferreira

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres disse que o hospital vai ter uma estrutura chamada “sala da família” que através de uma televisão, os famiiares vão ter contato com os pacientes que estão internados. “É uma medida de humanização e os pacientes vão falar de maneira online com as famílias". 

Para Ayres, a chegada do hospital de campanha é importante neste momento que Alagoas se aproxima dos cinco mil casos confirmados e afirmou ter plena convicção que o estado vai superar essa situação.