Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Renan Filho

Em coletiva virtual nesta segunda-feira, dia 18, o governador Renan Filho falou sobre os números do Boletim Epidemiológico de hoje, que apontam o aumento de casos de pessoas infectadas com o novo Coronavírus: 4.031, além de 221 óbitos. “Mesmo com a ampliação do tratamento estamos aumentando o número de mortes e de pessoas infectadas, ou seja, as pessoas precisam entender a necessidade de ficar em casa”, frisou.

“Se ampliarmos a rede hospitalar e muitos adoecerem, mesmo assim não poderemos atender a todos”, prosseguiu, dizendo que ainda “que a sociedade médica tem recomendado medidas mais duras, inclusive o lockdown, e todas as possibilidades são possíveis e precisamos, com certeza, ampliar o isolamento”, disse Renan.

Segundo ele, a tendência é seguir no endurecimento do decreto e, “atendendo às recomendações da medicina e da ciência, queremos chegar aos estados com maior número de isolamento”.

A respeito da ocupação de leitos o governador continuou reforçando que as medidas de isolamento devem ser intensificadas. “O estado aumenta a oferta e o cidadão ajuda ficando em casa”.

Renan Filho falou ainda sobre o reforço da atenção básica e a prescrição de medicamentos como a cloroquina e hidroxicloroquina, lembrando que, como a população comprou indiscriminadamente, eles estão faltando.

A ampliação dos leitos na capital e no interior e a inauguração da nova Unidade de Urgência para Síndromes Gripais, localizada no estacionamento do Shopping Pátio Maceió, e a entrega do Hospital de Campanha, na quinta-feira, 21, também foram destacadas pelo gestor.

Renan encerrou a coletiva destacando que ainda hoje haverá reuniões de trabalho com os secretários de Saúde e de Planejamento para intensificar as ações no combate ao novo Coronavírus no estado.