Foto: Redes sociais Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Moradores de Ibateguara denunciam que água barrenta tem chego na torneira de moradores

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, onde a recomendação é sempre manter a higienização das mãos, os moradores da cidade de Ibateguara no interior do estado de Alagoas, denunciaram ao Cada Minuto que estão sofrendo transtorno devido a coloração e qualidade da água ofertada pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

De acordo com Sandro Veloso, um dos moradores da cidade, a água tem chegado nas torneiras dos moradores acompanhada com barro e muita sujeira. “Esse problema tem sido recorrente, antes era um problema que durava só pelo turno da manhã, agora não existe horário”.

O morador questionou ainda se é desta forma que deve se realizar a higiene das mãos. “Os órgãos de saúde pedem que seja feita sempre a higiene das mãos, mas com que água? Higienizar com água suja?”, questionou.

Através de nota, a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informou que o tratamento da água em Ibateguara, bem como em várias cidades de Alagoas, vem sendo afetado pelas chuvas, as quais carregam muitos sedimentos e areia para os mananciais, aumentando em até 200 vezes o nível de turbidez da água bruta.

Ainda segundo a nota, o líquido pode ainda apresentar turbidez aparente, porém, foi tratado e desinfectado antes de ser distribuído, estando livre de quaisquer agentes patogênicos. Para reduzir esse efeito da turbidez, a Companhia ressalta que está fazendo adequação na dosagem de produtos químicos e lembra que é mais comum que “a primeira água” do dia que sai das torneiras esteja com turbidez mais elevada devido ao acúmulo de sedimentos na rede e que com o tempo, ela volta para sua aparência normal.

*Sob supervisão da editoria