Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Atenta à saúde da população em Limoeiro de Anadia, as equipes de imunização da Secretaria Municipal de Saúde já vacinaram 63% dos idosos do município . A Campanha de Vacinação contra Influenza, que começaria em Abril, foi antecipada sob determinação do Ministério da Saúde, e agora acontece entre os dias 23 de março a 22 de maio. Em Limoeiro, a Secretaria decidiu realizar a vacinação dos idosos em suas próprias residências, para que não fiquem expostos a aglomeração e consequente risco de transmissão pelo novo Coronavírus.

De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunização de Limoeiro de Anadia, Nirly Fernanda da Silva, a distribuição tem sido organizada com todo o cuidado para preservar a segurança dos profissionais de saúde e da população em geral. “Optamos por vacinar o grupo de idosos em seus domicílios, visto que os mesmos estão em quarentena. Já os demais serão vacinados em locais abertos como escolas e praças, evitando aglomeração e preservando a segurança de nossos colaboradores também”, explica.

A coordenadora do Programa em Limoeiro também explicou que o objetivo do programa é reduzir as complicações decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza, mas esclarece que a vacina não torna a pessoa imune contra outras doenças, como o Coronavírus por exemplo. Estão no público-alvo da vacina: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, pessoas com idade entre 55 e 59 anos, idosos, trabalhadores de saúde, professores e pessoas portadoras de doenças crônicas. Ao todo, 14 equipes estão atuando em todas as regiões do município de modo a cumprir com o calendário estabelecido pela Coordenação Geral do PNI. A expectativa é vacinar 90% do contingente de cada grupo.

Calendário da Campanha

Os resultados do trabalho na primeira semana da Campanha são comemorados pela equipe, que também contabiliza ter imunizado 75,9% dos profissionais de saúde. “Agora estamos aguardando a chegada de mais vacinas. Caso cheguem no tempo previsto, acreditamos que na semana que vem estaremos cumprindo com o total desta primeira etapa”, declarou a coordenadora.

Esta primeira fase, que começou no dia 23, deve imunizar pessoas idosas e profissionais da saúde. A segunda fase, que inicia no dia 16 de abril, será destinada aos professores, profissionais de forças de segurança e salvamento, e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Por fim, no dia 9 de maio, a terceira fase da vacinação terá como grupo prioritário as crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes, puérperas, e os adultos de 55 a 59 anos, e pessoas com deficiência auditiva, visual, múltipla, intelectual ou mental.