Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Durante todo o tempo que tenho o meu blog no portal Cada Minuto, fiz grandes homenagens a homens que tiveram grande importância na política de Alagoas. Hoje não farei homenagem a nenhuma personalidade da política, farei diferentemente: vou dedicar o espaço aos velhinhos que são  o principal alvo dessa pandemia que assolou o mundo. Meu pai, Antônio Bastos, a minha maior referência,  faleceu recentemente aos 91 anos e  não vivenciou esse momento e talvez fosse vítima desse mal, pois fazia parte do  segmento alvo desse vírus mortal.  Antônio de Melo Bastos, por mais de 30 anos, foi tesoureiro da Prefeitura Municipal de Capela e teve como marca maior a honestidade e a seriedade com que tratava o dinheiro público, o que constitui raridade nos tempos atuais. Meu pai foi tesoureiro de prefeitos das mais diversas ideologias, porém colaborou com todos eles com eficiência e seriedade, o que lhe era peculiar e o fazia admirado por todos. Meu velhinho partiu aos 91 anos para a casa de Deus, em cinco de janeiro deste ano, acometido por uma simples gripe, a que os seus pulmões não resistiram. Quando vejo esse coronavirus atacando principalmente os velhinhos, fico aliviado por meu pai ter sido poupado desse grande sofrimento, pois certamente não mereceria tanta dor. Que, diante dessa pandemia do coronavirus, não esqueçamos de cuidar e amar muito os nossos Velhinhos.