Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O senador Rodrigo Cunha foi designado relator de uma medida de enorme importância para as famílias mais vulneráveis neste momento de grave crise: a distribuição de merendas às crianças de escolas públicas. Embora o fornecimento seja apenas para as crianças, é uma garantia para as famílias de que os pequenos conseguirão se alimentar diariamente, como já acontece normalmente durante o calendário escolar. Com a suspensão das aulas como forma de conter a propagação do coronavírus, essas refeições deixaram de ser fornecidas. 

A medida é para que enquanto durar a pandemia de Covid-19 e as aulas estiverem suspensas, as merendas das crianças sejam enviada diretamente para os pais ou responsáveis pelos alunos. O projeto foi aprovado na última quarta-feira na Câmara e agora terá de ser aprovado pelo Senado. As famílias beneficiadas fazem parte do Bolsa Família ou do Cadastro Único, sistema do governo que identifica as pessoas em situação de vulnerabilidade social e financeira.

“Esta medida é de extrema importância para uma parcela da população que tem, na merenda escolar, algo fundamental para sua sobrevivência. É para essas pessoas que temos que focar nossos esforços neste momento, levando de forma urgente, o auxílio de que precisam”, pontua o senador Rodrigo. 

Desde o início de seu mandato, Rodrigo Cunha tem direcionado esforços para melhorar o atendimento à primeira infância, por entender que esta é uma fase crucial para o desenvolvimento de cidadãos saudáveis e produtivos no futuro.