Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Está circulando nas redes sociais uma mensagem de voz onde uma mulher, não identificada, diz que a contaminação por coronavírus perdeu o controle no Hospital Universitário - sem especificar de qual estado - e que o número de infectados é maior do que o divulgado.

 

O áudio menciona ainda que há três crianças entubadas e que os médicos já estão tendo que escolher a quem prestar ou omitir atendimento na suposta unidade hospitalar.

 

De acordo com o pediatra João Lourival, chefe da enfermaria do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes, em Maceió, a unidade ainda não dispõe de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para crianças e esse tipo de internação tem sido feito apenas na categoria neonatal. Com 18 leitos, a enfermaria tem atualmente dez crianças internadas que apresentam outras patologias, sem gravidade. Nenhum caso é suspeito de coronavírus.

 

“O áudio pode se referir a um HU de outro estado, mas aqui em Alagoas não temos casos suspeitos em nossa enfermaria, nem há superlotação para outras situações”, explica o médico, reforçando que está em processo a implantação da UTI do HU da Universidade Federal de Alagoas.

 

Alagoas Sem Fake

 

Com foco no combate à desinformação, o projeto Alagoas Sem Fake verifica, todos os dias, mensagens e conteúdos compartilhados, principalmente em redes sociais, sobre assuntos relacionados ao novo coronavírus em Alagoas. O cidadão poderá enviar mensagens, vídeos ou áudios a serem checados por meio do WhatsApp no número: (82) 98161-5890.