Foto: Secom Maceió Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Centro

O isolamento social e a determinação do fechamento de bares, restaurantes, academias e outras lojas varejistas já duram cinco dias em Maceió. Durante esse período, integrantes da Força-tarefa Integrada nas ruas - formada pela prefeitura – recebeu mais de 170 denúncias. 

O dia com maior registro foi a última segunda-feira, que foi o primeiro dia útil após o decreto com 109 denúncias. De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), os comerciantes recebem orientação sobre a emergência do momento e acabam fechando as portas. 

Conforme o balanço divulgado, na segunda-feira foram 23 estabelecimentos fechados e na terça-feira foram mais dois. Geralmente, segundo a secretaria, os donos dos estabelecimentos informam que desconhecem a medida. 

Participam da força-tarefa a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), com a Fiscalização de Posturas e a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de saúde (SMS), com a Vigilância Sanitária, e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). A Polícia Militar de Alagoas e o Corpo de Bombeiros também integram as equipes.

Denúncias

Os números de telefones para denúncias de descumprimento dos decretos são:
– 3312- 5277 (disque-denúncia da Semscs) – das 8h às 22h, diariamente, inclusive feriados e finais de semana
– 190 (Polícia Militar)
– 181 (Secretaria de Segurança Pública)