Foto: AFP Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Jair Bolsonaro

Em mais uma tentativa de disseminar Fake News, uma mensagem circula pelas redes sociais denunciando um suposto “golpe” tirar Jair Bolsonaro da presidência. O plano estaria sendo articulado por governadores e partidos rivais do Presidente.

A publicação envolvia o nome do presidente do STF, Dias Toffoli, de Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e de chefes de partidos políticos, como Aécio Neves. Governadores como Renan Filho, de alagoas, Wilson Witzel, do Rio de Janeiro e João Doria de São Paulo também foram mencionados como “organizadores” do esquema para conseguir o impeachment de Bolsonaro. Além de grandes veículos de comunicação que também foram mencionados.

No entanto, tudo isso não passa de uma grande mentira. Ações como o fechamento dos estabelecimentos comerciais, suspensão de viagens e outras medidas de prevenção ao coronavírus, foram interpretadas pelo autor da Fake News como uma estratégia para quebrar a economia.

O Cada Minuto reitera a orientação aos seus leitores de, antes compartilhar qualquer informação, cheque a veracidade das notícias, verifiquem as fontes e pensem se deve ser compartilhado.