Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O isolamento social para evitar o aumento da contaminação comunitário pelo novo coronavírus tem alterado o comportamento e o funcionamento de prédios e condomínio em Maceió. A rotina dos moradores tem seguido determinadas regras, principalmente sobre o uso das áreas comuns para lazer.

Na Ponta Verde, o síndico do edifício Monteiro Berrine, Luiz Felipe, determinou a proibição da entrada de novos hóspedes por temporada, fechamento das áreas de lazer e a manutenção das portas dos apartamentos sempre fechadas.

A necessidade de impedir o avanço da doença, um grupo de síndicos, formado por 15 pessoas,  se uniram para compartilhar dicas e medidas que podem ser adotadas dentro dos prédios. “O grupo está aberto para quem quiser participar, porque a intenção é de trocar a informações para que todos possam tomar preocupação em evitar a contaminação”, colocou Luiz Felipe.

Para impedir que os moradores continuasse a circulação pelas áreas comuns, o síndico fez a retirada de todos os objetos do hall e aplicou novas regras sobre a limpeza nas áreas comuns. De acordo com Luiz Felipe, a abertura do grupo para a participação de outras pessoas visa também o compartilhamento de ideais com profissionais de outras áreas, como psicólogos, que possam auxiliar na convivência.

Sem receber visitas

No condomínio onde a comerciária Thais Fagundes mora, a administração determinou a suspenção das visitas de parentes e amigos. “Desde que foi pedido o  isolamento social, a rotina aqui no prédio mudou bastantes, principalmente pela proibição do recebimento de visitas. Está sendo um período de reclusão, mas que sabemos que é para uma bem de todos”, contou ela.

Como o prédio é pequeno, os moradores também que tiveram que se adaptar com o recolhimento do lixo, objetos deixados nos corredores e até mesmo o uso do elevador. “Sabemos que isso depende muito das pessoas e sempre que encontro com alguém saindo ou entrado faço questão de dizer que estamos fazendo nossa parte. A mudança tem sido sentida e esperamos sair logo dessa fase”, completou ela.