Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Prefeitura de Penedo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulga informações atualizadas sobre a situação do Covid-19 no município, doença mais conhecida mundialmente por coronavírus.

No boletim mais recente, divulgado no domingo, 22 de março, sobre a evolução do Covid-19 em Penedo, destaca-se que existe apenas um caso em investigação no município, devendo a população seguir as orientações para que novos casos não venham a surgir.

Confira aqui o vídeo com boletim da Sesau Penedo

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, atualmente 10 pessoas estão sendo acompanhadas pelas Unidades Básicas de Saúde por apresentarem sintomas similares, mas apenas uma se enquadra na categoria de caso suspeito de Covid-19.

As informações dão conta de que a pessoa com suspeita de Covid-19 está seguindo os cuidados necessários ou seja em total isolamento e aguarda a confirmação ou não da doença; exame que demora cerca de 8 dias para ficar pronto.

Entre as medidas adotadas em Penedo destaca-se a suspensão das aulas na rede pública e mudanças no funcionamento dos órgãos públicos, conforme decreto assinado pelo Prefeito Marcius Beltrão.

Além disso, está ocorrendo a fiscalização das fronteiras de Penedo com outros municípios, por parte da SMTT, para garantir o cumprimento do decreto do governo estadual que determina a suspensão do transporte intermunicipal em todo o estado.

Covid-19

As secretarias estaduais de Saúde  de todo o país contabilizaram 1621 infectados, com 25 mortes, 22 delas no estado de São Paulo. Já em Alagoas, são 17 casos suspeitos e 7 já confirmados da doença.

O COVID-19 (do inglês Coronavirus Disease 2019) é uma doença infecciosa causada pelo coronavírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave 2 (SARS-CoV-2).

Os sintomas mais comuns são febre, tosse e dificuldade em respirar. Cerca de 80% dos casos confirmados são ligeiros ou assintomáticos e a maioria recupera sem sequelas.

No entanto, 15% são infecções graves que necessitam de oxigênio e 5% são infecções muito graves que necessitam de ventilação. Os casos mais graves podem evoluir para pneumonia grave com insuficiência respiratória grave, falência de vários órgãos e morte.

Medidas adotadas

Entre as medidas adotadas para conter o avanço da doença em Alagoas e inclusas no decreto Nº 69.501, que dispõe sobre as medidas para o enfrentamento da emergência de saúde pública, destaca-se a suspensão de eventos de qualquer natureza com público superior a 500 pessoas em locais abertos e de 100 pessoas em locais fechados.

Além disso ficou estabelecido o fechamento de bares, restaurantes, lojas entre outros que pratiquem o comercio ou serviços, salvo apenas as exceções.

Entre as atividades que podem funcionar estão os órgãos de imprensa e meios de comunicação e telecomunicações, estabelecimentos médicos, odontológicos para emergências, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação; distribuidoras e revendedoras de água e gás, distribuidores de energia elétrica, serviços de telecomunicações, segurança privada, postos de combustíveis, funerárias, estabelecimentos bancários, lotéricas, padarias, clínicas veterinárias, lojas de produtos para animais, lavanderias, oficinas mecânicas e supermercados/congêneres.

Sendo também orientada a população que fique em casa, como prevenção à transmissão do Covid-19, já que o vírus permanece por horas em diversos materiais, evitando assim a denominada transmissão comunitária, que é quando as pessoas começam a transmitir o vírus umas às outras, conforme ocorreu em países como China, Itália e EUA.