Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Câmara Municipal de Maceió

 

Preocupada com o avanço do Coronavírus e a situação de Pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Maceió editou o Ato n° 2 de 2020, suspendendo às sessões ordinárias na Casa de Mário Guimarães no período de 24 de março a 3 de abril, sendo os servidores do Plenário dispensado do comparecimento aos trabalhos pelo mesmo período.

 

Ainda segundo a determinação da Presidência do Legislativo, funcionários dos setores contábil, administrativo, financeiro, diretoria de comunicação, planejamento, orçamento, ata, manutenção e gabinetes dos vereadores se manterão em sistema de (home office) teletrabalho e se manterão de sobreaviso e à disposição da Câmara em caso de excepcional necessidade. 

 

No começo desta semana, a Casa já havia decidido por liberar de suas atividades funcionários acima de 60 anos, gestantes e outros que se enquadram nos chamados grupos de maior vulnerabilidade que são aqueles portadores de doenças crônicas. 

 

"Tornou-se imperativo que suspendêssemos todas as atividades do Legislativo para preservarmos a saúde e a vida daqueles que compõem a Câmara Municipal de Maceió. Inicialmente, havíamos liberado alguns funcionários com maior risco de contrair o vírus, mas, logo em seguida, vimos que o correto a fazer é todos irmos para nossas casas, cumprindo o período de quarentena recomendado pelas autoridades sanitárias e contribuir para que o mal se espalhe o menos possível", disse Kelmann Vieira (PSDB), presidente do Legislativo de Maceió.