Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Com "Messiah" (2020), a Netflix começa o ano com o pé direito. A primeira temporada traz o surgimento de um líder religioso e espiritual que sacode crenças e gera inquietações políticas.
Diante da insegurança que a presença do homem causa, uma agente da CIA incrédula tenta desmascará-lo.

Michelle Monagahn está ótima como a agente da CIA, assim como todo elenco de apoio, mas é o "Messiah" Mehdi Dehbi que hipnotiza o espectador interpretando o protagonista de forma tão serena e crível que poderia facilmente passar horas ouvindo suas palavras.
De fato ele dá sentido ao termo mensageiro.
Já a série levanta questões e nos faz refletir sobre o que é necessário para nos fazer acreditar, seguir e ouvir aqueles que tentam melhorar de alguma forma o mundo.

9.0

*Mais resenhas no instagram @resenha100nota