Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Adam Driver estrela "O Relatório" (2019), filme que se debruça sobre a comissão do Senado americano designada para apurar os interrogatórios de prisioneiros promovidos pela CIA após os atentados do 11/09.

Produzido pela Amazon, "O Relatório" é mais um filme a desvelar os bastidores nada morais da política. Dan Jones (Driver), incumbido pela senadora Fienne Feinstein (Annette Bening) de chefiar um pequeno grupo para investigar a conduta da CIA e elaborar um relatório sobre as chamadas "Técnicas de Interrogatórios Melhoradas" abre a caixa preta da instituição e mostra como o mecanismo age de modo a tentar apagar os rastros de suas falhas.

Nesse sentido o filme logra êxito em conectar os acontecimentos, sempre situando o espectador. Driver vem ganhando meu respeito à cada novo trabalho, a exceção das atuações afetadas na franquia Star Wars. O ator segura bem o protagonismo com um personagem que não pode demonstrar muitas emoções, mas que vai deixando a indignação crescer sem perceber. Annette Bening também se destaca e não seria surpresa vê-la indicada às premiações que se aproximam.

Os fatos reais que deram base a história aconteceram há pouquíssimo tempo e sob a suposta justificativa que os fins justificam os meios. É a tal conversa do bem maior, presente em uma das falas finais de "O Relatório". Esse pensamento só mostra que nossas condutas com o outro não falam sobre ele, mas sim sobre nós.

8.5

*Disponível na Amazon Prime Vídeo

*Mais resenhas no Instagram @resenha100nota