Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A China baniu ontem o jogo Plague Inc. O simulador desafia usuários a espalharem um vírus mortal pelo mundo. De acordo com a desenvolvedora, Ndemic Creations, o governo chinês considerou que a aplicação possui "conteúdo ilegal".

Em meio a um surto da doença, a China decidiu banir o jogo das lojas de aplicativos do país, o que fez com que a desenvolvedora emitisse uma nota lamentando o ocorrido.

Na declaração, a empresa disse que foi informada de que o "Plague Inc. inclui conteúdo ilegal na China, conforme determinado pela Administração do Ciberespaço da China". A desenvolvedora disse ainda que a "situação está totalmente fora" do seu controle.

A Ndemic Creations também divulgou uma declaração sobre o surto do coronavírus. No texto, eles ressaltam que o simulador "é um jogo, não um modelo científico, e que o atual surto de coronavírus é uma situação real que está impactando um grande número de pessoas".

De acordo com dados divulgados pela empresa, mais de 130 milhões de usuários já jogaram Plague Inc. desde o seu desenvolvimento. No final de janeiro, o jogo chegou a sair do ar devido ao pico de acessos.