Sites falsos anunciam vagas inexistentes, induzindo pessoas a passar dados pessoais. A polícia já foi acionada para investigar os golpes. Processos de seleção de emprego no SESI e no SENAI são feitos apenas pelos sites oficiais

Sites falsos estão divulgando supostas vagas de emprego no Serviço Social da Indústria (SESI) e no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) em todo o Brasil. Cuidado, isso é um golpe! 

Os links induzem as pessoas a fazer um cadastro, fornecendo vários dados pessoais. Além disso, quando a inscrição é feita pelo celular, o site falso também pede o compartilhamento do link, com vagas que não existem, pelo WhatsApp.

Fique atento. Não acesse esses links falsos e nem compartilhe essas informações. Se vir algum anúncio de vaga de emprego no SESI ou no SENAI, certifique-se que as oportunidades existem nos sites oficiais das instituições do seu estado. 

Qualquer processo seletivo para trabalhar no SESI ou no SENAI será divulgado apenas nas páginas oficiais. Jamais será exigido que o candidato compartilhe qualquer tipo de conteúdo em redes sociais ou aplicativos. 

Caso de polícia 

SESI e SENAI já acionaram a Delegacia de Crimes Cibernéticos da Polícia Civil do Distrito Federal com o registro de uma notícia-crime para investigar os golpes. Além da divulgação das vagas de emprego inexistentes, há também comercialização de diplomas falsos de cursos técnicos. A partir da notícia-crime, SESI e SENAI aguardam a instauração de inquérito policial para esclarecer os fatos.