Foto: Internet
Revisão foi solicitada pela empresa Equatorial

 A população alagoana será consultada sobre o pedido de revisão tarifária solicitada Equatorial Alagoas Distribuidora de Energia S.A à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A consulta começou nesta quarta-feira (05) e segue até o dia 20 de março.

Para consumidor, o acréscimo poderá ser de 12,02%, enquanto para a indústria será de 13,74% e a baixa tensão de 11,36%. De acordo com a ANEEL, os índices propostos foram impactados por custos da atividade de distribuição e transmissão de energia elétrica. Os índices definitivos serão aprovados após a consulta pública para entrar em vigor em 03 de maio.

“Trata-se de pedido de Revisão Tarifária Extraordinária, solicitado pela distribuidora, prerrogativa concedida às concessionárias que foram submetidas ao processo de desestatização”, informou a ANEEL.

Interessados podem enviar contribuições no período de 05 de fevereiro a 20 de março de 2020 para o e-mail [email protected]. A consulta terá ainda uma sessão presencial, a Audiência Pública 001/2020, prevista para ocorrer no dia 05 de março de 2020, em Maceió (AL).