Foto: Ascom PC/AL Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Central de Flagrantes I

Um homem suspeito de atirar contra um grupo de crianças e adolescentes, além de um adulto, foi detido na tarde desta segunda-feira (20). Diógenes Felizardo de Souza, 76 anos, teria efetuado os disparos após as vítimas terem entrado na sua propriedade, na Rua Salvador Costa, no bairro Feitosa, para pegar mangas.

 

De acordo com informações do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), cinco crianças e um adolescente entraram no sítio para colher mangas e foram atingidos por tiros de chumbinho. Um jovem de 24 anos, identificado como Joaquim Victor da Silva Júnior, foi ferido com um disparo de arma convencional e teria entrado no local para ajudar as crianças a saírem de lá, segundo a polícia. Ele foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE).

 

Ainda conforme o BPE, os militares realizavam um patrulhamento quando foram abordados por uma mãe que estava com um filho de 12 anos, ferido na testa e na boca, com tiros de chumbinho. O adolescente foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Outras crianças também ficaram feridas, mas seus estados de saúde não foram informados.

 

Segundo o sargento Zezito Alves, que atendeu a ocorrência, o proprietário do sítio, que não tem muro nem cerca, foi detido algum tempo depois. Os militares encontraram a espingarda de chumbinho, mas a arma convencional que feriu o jovem de 24 anos não foi localizada. O sargento também disse que a suspeita é que os disparos tenham sido deflagrados de cima da mangueira, ou seja, o atirador estava em cima do pé da fruta. 

 

Após receber voz de prisão, o homem foi conduzido para a Central de Flagrantes, no bairro Farol, onde permanece a disposição da Justiça e poderá ser autuado por lesão corporal grave, tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo. Ele negou negou a autoria dos diaparos.

 

 

*Estagiária sob supervisão da editoria