Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A conversa com Fabrício Marques,secretário de estado do planejamento gestão e patrimônio se deu no Palácio República dos Palmares.
Conversamos na manhã da quinta-feira, na busca de  encontrar  linhas de investimento, objetivando a  prática de  desconstrução  do racismo estrutural e institucional.
O secretário ouvia  e dizia da sua   visão pragamática sobre o tema. 
Como coordenadora do Instituto Raízes de Áfricas insistimos que, Alagoas, um estado que vai além  do pardismo naturalizado socialmente ( êêê Zumbi!) é incongruente que não tenhamos uma rubrica exclusiva para as práticas das  políticas afirmativas.
Fabrício Marques ouviu e pontuou as questões. Ainda há muito para ser conversado.
Antes de sair para outros afazeres, o secretário da SEPLAG falou  que no segundo semestre de 2020, a Escola de Governo terá cursos com a temática do racismo.
Uma demanda, faz muito, solicitada  pelo Instituto Raízes de Áfricas.
A Escola de Governo de Alagoas (Egal) tem como intuito oferecer capacitações que visam promover o desenvolvimento e o aperfeiçoamento gerencial das competências, comportamentos e habilidades específicas dos servidores estaduais do Poder Executivo, como forma de busca pela profissionalização do serviço público.
isso é bom!
Sigamos em novos planejamentos.