Criança agredida por advogado ficará sob os cuidados da avó materna

  • Cristovao Santos*
  • 13/01/2020 11:48
  • Maceió
Foto: Cortesia
Fato aconteceu em condomínio, no bairro Antares, parte alta de Maceió.

Após o caso de agressão física contra uma criança de seis anos, que ocorreu na última quinta-feira (09), o menor, que antes estava sob os cuidados de uma prima, agora ficará com a avó materna até a ordem judicial. Em contato com o Cada Minuto, o conselheiro tutelar Everton Pita, informou que a criança foi ouvida na manhã desta segunda-feira (13) e encaminhada à um psicólogo.

De acordo com o Pita, a avó não estava ciente dos acontecimentos e ao saber do ocorrido, após contato estabelecido pelo Conselho Tutelar, veio até à capital alagoana e ficou decidido que ela ficaria responsável por cuidar do neto.

“Ela veio para Maceió e resolvemos da melhor forma possível de que a criança ficaria com a avó. A gente pegou a criança da prima, deixamos com a avó para o bem-estar da criança e vamos encaminhar o relatório para a Vara da Infância e Juventude”, afirmou o conselheiro.

Everton disse ainda que estão evitando falar sobre o caso diretamente com a criança e que por esta razão ela foi encaminhada até o psicólogo para que a coleta de informações seja feita de forma mais adequada.

“Para não haver nenhum transtorno à criança, estamos evitando falar disso com ela. Estamos conversando e brincando com a criança para tirar todo esse constrangimento da cabeça dela. Encaminhamos ao psicólogo para que ele tenha autonomia e possa fazer isso de forma detalhada e informe como foi essa situação da criança”, disse Pita.

Segundo o conselheiro, apesar da criança perguntar bastante pelo avô, Erisvaldo Tenório Cavalcante, foi decidido que a avó fique com ela até que a Justiça determine quem ficará com a guarda definitiva do menor.

*Estagiário sob a supervisão