Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Nutricionista Luana Pacheco

Com as festas de final de ano, é comum que grande parte da população extrapole no consumo de álcool. Afinal, na maioria das vezes junto com a folia sempre vem aquele estresse, não é mesmo?!

Para ajudar a quem não quer abrir mão das comemorações, cair na farra e tomar aquela velha cervejinha ou outras bebidas alcoólicas, e não quer sofrer com os incômodos da famosa ressaca e entrar com o pé direito no ano que se inicia, a nutricionista Luana Pacheco, deu algumas dicas para evitar esses transtornos que ocorrem, em geral, no pós Réveillon.

Em entrevista à reportagem do portal CadaMinuto, Luana Pacheco contou que é preciso manter um equilíbrio entre as refeições antes e depois das festas. 

“É tudo uma questão de controle e equilíbrio, e que verdade é que dá para comer bem nesses eventos, mas é preciso haver balanceamento dos nutrientes”, explicou a nutricionista.

Luana sugere que seja escolhida apenas uma proteína magra dando uma segurada um pouco no (arroz, farofa, frituras, doces). 

“O ideal mesmo é montar um prato normal do dia a dia, com um carboidrato e uma salada”, apontou Pacheco.

Para quem não consegue resistir aos doces e a famosa e esperada sobremesa, ela fala que é melhor optar um pouco por frutas e sucos para tentar manter o equilíbrio do corpo.

“As tortas são deliciosas, mas ricas em gorduras e açúcares nocivos.  Após as festas, porque não optar por fazer sucos detox, para que o corpo aos poucos volte ao equilíbrio”, explicou Luana.  

Questionada sobre os alimentos indicados para evitar a ressaca e a desidratação ela explica que, a saída é intercalar o consumo de álcool com bebidas que hidratam. Sendo elas, água de coco, isotônico, suco de frutas e a velha e boa água. 

“E você não sabia né? Mas o ovo é uma ótima fonte de cisteína, aminoácido que ajuda a quebrar toxinas causadoras da dor de cabeça, que é produzida quando ingerimos álcool”, esclareceu a nutricionista.

Luana Pacheco aponta que para repor as os nutrientes perdidos devido o alto consumo de álcool é indicado comer alimentos como carnes e vegetais. 

“A ingestão de grande quantidade de álcool com uma baixa nos níveis de vitamina A, vitamina B, zinco e potássio. E para repor esses nutrientes, prefira comer alimentos como carnes, vegetais com cores alaranjadas, como abóbora, e aspargo, que é rico em zinco e em uma vitamina B chamada folato. Bananas e abacates também são ricos em potássio”, concluiu Pacheco.
 

*Estagiária sob supervisão da editoria.