Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Ela, Zozibini Tunzi,coroada Miss Universo representa todas nós,meninas xingadas e vilipendiadas, por conta dos traços de pertencimento racial. 
Somos pretas.
Meninas pretas, como nós,não tinham o direito à boniteza, principalmente,  nos espaços conservadores das escolas brasileiras.
Ela, Zozibini Tunzi, coroada miss Universo representa  todas nós, meninas  apunhaladas em sua auto-estima,pela sanha cruel  de outras crianças, da mesma idade que a nossa.
Cabelo duro. Preta feia. Cabelo de bombril e etc e tal.
Não, não era brincadeira de criança, nem bulling. Era e sempre foi racismo.
 A ideologia baseada na superioridade de um grupo sobre o outro.
Naturalizada. 
Ela, Zozibini Tunzi , a Miss Universo quebrou o espelho da hegemonia da rainha do milho. 
Lembra, sempre quem era?
Ela, Zozibini Tunzi, a Miss Universo, diz ao mundo que a luta que travamos faz tempo, tem encontrado ecos.
E auto- espelhos com reflexos bem positivos.
Olha só, a preta de cabelo pixaim que era escrachada na infância, agora é Miss Universo.
Salve, Zozibini Tunzi da África do Sul, miss Universo 2019.
Ubuntu!