Mais de 85 mil usuários são atendidos nas unidades da Sesau em novembro

  • Assessoria
  • 10/12/2019 15:19
  • Saúde
Ascom Sesau/Arquivo
Alexandre Ayres

As unidades mantidas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) atenderam 85.629 usuários no mês de novembro. O balanço foi computado pelo Centro de Processamento de Dados da pasta e divulgado nesta terça-feira (10), com base nos dados emitidos pelas Gerências de Atenção Pré-Hospitalar e Hospitalar.

Do total, os quatro Ambulatórios 24 Horas de Maceió atenderam 21.845 usuários. De acordo com a Gerência de Atenção Pré-Hospitalar, o Assis Chateaubriand (Tabuleiro do Martins) assistiu 6.581 pessoas, seguido pelo Denilma Bulhões (Benedito Bentes), que atendeu 6.199 usuários.

O Miguel Câmara (Chã da Jaqueira) foi o responsável por prestar atendimento a 4.743 alagoanos e o Noélia Lessa (Levada) assegurou assistência a 4.322 usuários. Já a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Ismar Gatto (Jacintinho) – construída e mantida pelo Estado – atendeu 10.097 pessoas nos 30 dias do mês passado.

Para o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, a grande demanda na UPA Dr. Ismar Gatto comprova o poder de resolutividade da unidade, inaugurada no último dia 1º de novembro. O novo equipamento de saúde possui 19 leitos, sendo 15 de observação e quatro de urgência.

“Construída e mantida com recursos próprios do Governo do Estado, a UPA Dr. Ismar Gatto assegurou, ao longo do primeiro mês de funcionamento, atendimento qualificado para os moradores do Jacintinho, Feitosa, Barro Duro, São Jorge, Serraria, Ipioca, Pescaria, Riacho Doce, Garça Torta, Guaxuma, Jacarecica e Cruz das Almas. Com isso, a população ganhou mais uma unidade que é referência na assistência intermediária entre a Atenção Básica e a Média e Alta Complexidade”, salientou Ayres.

Samu – Referência no atendimento pré-hospitalar, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez o socorro de 4.477 usuários no 11º mês deste ano. Do total, 240 foram atendidos pelo Serviço de Motolância e 37 resgatados pelo Samu Aeromédico.

A Central do Samu Maceió e suas 16 Bases Descentralizadas prestaram assistência a 3.006 pessoas e a Central do Samu Arapiraca e suas 19 Bases atenderam 1.471 usuários. Já a Clínica Infantil Daisy Breda, no bairro Levada, em Maceió, recebeu 2.674 alagoanos no mês passado.

HGE – O Hospital Geral do Estado (HGE) recebeu 12.445 usuários em novembro. Como nos meses anteriores, os casos clínicos representaram mais de 50% dos atendimentos, chegando a 8.638 ocorrências, sendo 7.368 adultos e 1.270 infantis.

Também em novembro, o maior hospital público de Alagoas atendeu 674 vítimas de acidentes de trânsito, sendo 285 de colisões, 22 de capotamentos, 79 de atropelamentos e 288 de quedas com motocicletas. Quanto às vítimas de agressão, 205 receberam atendimento no HGE durante o 11º mês deste ano, sendo 91 pela modalidade corporal, 68 por arma branca e 46 por arma de fogo.

Os dados apontam, também, que no mês passado, 37 pessoas foram assistidas no HGE após sofrerem queimaduras e 11 necessitaram de assistência da equipe de otorrinolaringologia. Ao longo do último mês, a unidade atendeu 42 pessoas que tentarem suicídio, além de uma vítima de violência sexual.

Hospitais Regionais – No interior, os quatro hospitais mantidos pelo Estado atenderam 14.199 pessoas no mês de novembro. O Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, prestou assistência a 4.850 pessoas e os Hospitais Quitéria Bezerra (Água Branca), Antenor Serpa (Delmiro Gouveia) e Arnon de Melo (Piranhas) atenderam 9.349 pessoas nos 30 dias do mês passado.

Ceaf – Responsável pela distribuição de medicamentos de alto custo para milhares de alagoanos, o Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Ceaf) atendeu 18.627 usuários durante o mês de novembro.