Foto: Assessoria Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, inauguraram, na manhã desta quinta-feira (05), em Novo Lino, o Posto Fiscal, localizado na rodovia BR-101 Norte. Estima-se que serão cerca de 65.000 documentos fiscais vindo para Alagoas e 10.000 saindo do Estado mensalmente. No local, passam em média quatro mil caminhões por mês.

De cara nova, a estrutura irá atender de modo mais eficiente o volume de veículos transportadores de cargas que trafegam na região, com maior capacidade de estacionamento para os veículos de carga; melhoria no atendimento aos contribuintes; e um novo aparato tecnológico de fiscalização, aumentando a produtividade dos auditores.

O secretário da Fazenda revela que antes da reforma a situação era de precariedade.  Com a obra, há uma mudança significativa e melhora as condições de trabalho. A ideia é diminuir o tempo da espera dos caminhoneiros, que vão poder contar com uma boa estrutura de maior conforto, diminuir o custo operacional e dar segurança a todos que trafegam na estrada.

Seguindo o trabalho de mordenização e fiscalização, Santoro adiantou que investirá em tecnologia para combater a sonegação fiscal no estado. “Ao longo do próximo ano, vamos implantar câmeras nas estradas junto com a Secretaria de Segurança Pública, para monitorar a entrada e saída de Alagoas, identificando automaticamente as placas do veículo, com o intuito de ter controle total das cargas circulando no estado”, destacou.

O local contará com sistema de segurança pública, dentre eles a Policia Militar (PM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) com posto transitório, e a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) que fará todo aparato de vigilância sanitária e controle de tráfego animais.

A obra foi financiada com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A execução das obras e serviços de construção seguiram o edital nº 01/2017. Sua readequação aconteceu em face da duplicação da rodovia BR-101 Norte, onde foram erguidas novas instalações. Este é o segundo posto do Estado com maior atendimento e dimensão física.

 “Hoje é um dia muito importante para nós. Lutamos muito para entregar essa obra, que é um exemplo. Quando assumimos o Governo, os recursos para fazer o posto já estavam disponíveis há um bom tempo. Me entristecia ver o posto de Pernambuco e vê o nosso. Era o retrato do atraso, da desorganização, não funcionava bem, uma falta de respeito com as pessoas. Hoje, o cidadão ao entrar na nova Alagoas, ele já percebe a diferença da organização fazendária”, enfatizou o Governador.

George Santoro revelou ainda que vai conseguir fazer o próximo posto no Porto Real do Colégio, assim que o Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) definir a BR naquele trecho, para que logo, seja iniciado o projeto que é o último posto de recuperação.

Na oportunidade, Renan Filho ressaltou o bom trabalho que a equipe fazendária vem realizando durante os últimos cinco anos. “Alagoas tinha a pior avaliação de risco pelo Tesouro Nacional. Antes era D. Hoje, estamos entre as melhores, com a avaliação B. Tiramos o Estado de um endividamento que representava quase 170% da receita corrente líquida. Essa é a verdadeira transformação de Alagoas. Parabéns a Secretaria da Fazenda pelo brilhante trabalho”.