Foto: Reprodução / Redes Sociais Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Mozart Batista da Silva

Um subtenente da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) foi assassinado com mais de 10 tiros na noite desta sexta-feira (6), próximo à residência de sua companheira, no bairro Jardim Petrópolis, parte alta de Maceió.

De acordo com informações de testemunhas, o subtenente Mozart Batista da Silva, conversava com quatro homens, ainda desconhecidos, quando eles sacaram as armas e atiraram contra o militar.

Há suspeitas de que Mozart tenha sido assassinado após criminosos da região descobrirem que ele era policial militar.

Familiares relataram que ele estava morando no bairro há cerca de cinco meses e que não tinha inimizades.

Militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foram acionados, mas ao chegarem ao local encontram Mozart em estado de óbito.

O Instituto Médico Legal (IML) e o de Criminalística (IC) enviaram equipes que realizaram os procedimentos devidos e a remoção do corpo para autópsia.

A motivação e autoria do crime são desconhecidas. Não foram divulgadas informações sobre o velório e sepultamento do militar.

 

*Estagiária sob supervisão da editoria