Flamengo terá de pagar pensão a vítimas de incêndio e familiares

  • Metrópoles
  • 05/12/2019 21:52
  • Brasil/Mundo
Fotomontagem / Arquivo pessoal
Vítimas da tragédia no Ninho do Urubu

OTribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Flamengo pague pensão de R$ 10 mil mensais a cada mãe, pai ou responsável legal dos jovens vítimas de incêndio no Ninho do Urubu, em fevereiro deste ano. A informação é do jornalista Guilherme Amado, da revista Época.

A ação foi movida pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro e a decisão foi do juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira.

A multa em caso de descumprimento por parte do Flamengo será de R$ 1 mil por dia. De acordo com o jornal O Globo, o Flamengo já recorreu da decisão.

De acordo com a decisão, o clube também terá de pagar os valores referentes aos meses já decorridos desde o incêndio.

“Sendo assim, a fixação de pensionamento mensal de R$ 10.000,00 (dez mil reais) para cada família, ao menos até que se tragam elementos mais convincentes de remuneração às vítimas, incluindo os direitos conexos, é razoável e permite a recomposição financeira das famílias, até futura decisão judicial quanto ao mérito, quando, inclusive, se fará a fixação das respectivas indenizações. Repita-se que esse valor, embora possa parecer excessivo para outros menores trabalhadores, é bastante razoável para o mundo do futebol”, diz parte de decisão do juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira.