Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

 A internauta Bete Nago escreve em seu perfil, no facebook:

"O racismo não dorme, não tira folga e nem férias. Se manifesta em todos os lugares. E em todas as suas facetas ele choca.
E ainda a quem diga que ele não existe ...
A professora Tânia Cristina dos Santos, de 51 anos, registrou quarta-feira (4) boletim ocorrência, na Delegacia Sede de Praia Grande, São Paulo para denunciar um aluno que a chamou de “macaca” no Facebook.
Nossa irmã , infelizmente,foi vítima de Racismo por parte de aluno, aquele que deveria prestar os mais devido respeito.
Em seu perfil, o aluno racista Gabriel compartilhou com amigos a seguinte mensagem: “A macaca de sociologia indo repetir todo mundo”. O rapaz é aluno do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Professora Sylvia de Mello, no bairro Antártica, em Praia Grande.
Tânia expresso aqui minha tamanha indignação e saiba vc não está sozinha.
Estamos juntas e os racistas não passarão."

Fonte: https://www.facebook.com/bete.nago