Foto: Anderson Moreira/TJ AL Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Acusado de participar da morte de vereador de Anadia é condenado a 22 anos de prisão

Durante julgamento realizado nesta segunda-feira (02), no Fórum do Barro Duro, em Maceió, a justiça condenou mais um envolvido no assassinato do médico e vereador da cidade de Anadia, Luiz Ferreira de Souza. O réu Adailton Ferreira, popularmente conhecido como "Dal", foi condenado a 22 anos e seis meses de prisão.

De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE- AL), a ex-prefeita de Anadia, Sânia Tereza Palmeira de Barros, foi a mandante do crime e contou com a ajuda de seu ex-marido, Alessander Ferreira.

Além de Adailton, outras três pessoas já foram condenados, sendo eles, Alessander Ferreira Leal, onde é apontado como um dos mandantes do crime; Tiago dos Santos Campos e Everton Santos de Almeida, que são acusados de terem efetuado os disparos contra o vereador.

A ex-prefeita de Anadia, Sânia Teresa, ainda não foi julgada e segue em prisão domiciliar preventiva. 

O caso

Segundo a denúncia apresentada pelo MPE-AL, o vereador foi executado com diversos disparos de arma de fogo na rodovia AL-450, nas imediações de um povoado, na cidade de Anadia.                                                                               

A denúncia destaca ainda que Luiz Ferreira retornava da cidade de Maribondo, após ter concedido uma entrevista a uma rádio local, quando o carro em que estava foi interceptado por outro veículo.                                               

Pelo menos duas pessoas teriam saído do automóvel e efetuado disparos na direção do vereador, que não resistiu aos ferimentos.

*Estagiário sob a supervisão da editoria