Divulgação Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Seninha (em pé) com a cúpula do PRTB alagoano numa reunião fechada com o vice-presidente Hamilton Mourão, setembro passado em Maceió

O polêmico jornalista, o empresário do ramo da comunicação Wellington Sena, é um dos mais novos membros do PRTB/AL, disposto a brigar por uma vaga na Câmara de Maceió. Alerta que quem for podre que se quebre, pois adotará seu perfil de diretor do jornal “A Notícia” um periódico investigativo e de linha dura. “Durante esses 20 anos do nosso jornal, conseguimos resultados surpreendentes, sobretudo por meio da nossa linha editorial, onde corruptos viraram réus perdendo cargos ou até  indo à prisão” diz Seninha como é conhecido.

Seninha confessa que teve o privilégio de se filiar ao PRTB na presença do vice-presidente do Brasil, o general Hamilton Mourão, quando esse veio a Maceió em setembro último. Na ocasião, falou com a maior intimidade com o reserva do Bolsonaro afirmando que ao longo desses 16 anos, recebera diversos convites para ser candidato; desde vereador a deputado estadual e federal.

“Nunca aceitei por não concordar com coligações; mas como a regra mudou agora em 2019, decidi aceitar o desafio de ser testado nas urnas, algo esperado pelos admiradores do meu trabalho de denunciar corruptos e ladrões do colarinho branco” disse.  

O pretenso candidato do PRTB ao Legislativo de Maceió declara que  será na Câmara o que é hoje para a população e para os corruptos: linha dura para os políticos criminosos e para a sociedade um verdadeiro fiscalizador do administrativo. “Serei um vereador de verdade, algo que Maceió nunca viu” detonou.