Agência Câmara Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Marx Beltrão

O município de Coqueiro Seco, que fica localizado às margens da lagoa Manguaba, vai ganhar uma nova infraestrutura de orla lagunar. A ordem de serviço foi assinada na sexta-feira (15) e o novo espaço será o principal cartão postal da cidade, com locais para comercialização de produtos, atividades de lazer e áreas esportivas. As obras serão possíveis graças a alocação de R$ 2,150 milhões em recursos federais garantidos pelo deputado federal Marx Beltrão (PSD), coordenador da bancada federal alagoana no Congresso Nacional.

“Esta é a realização de um sonho antigo da população de Coqueiro Seco e para mim é motivo de muita alegria ter garantido os recursos que fizeram com que este município construa sua nova orla lagunar. Não tenho dúvidas que esta nova orla, além do apelo turístico, será um ponto de destaque na paisagem de Coqueiro Seco, concentrando opções de serviço, esportes e lazer para seus habitantes. Este é também nosso papel em Brasília: garantir recursos para obras estruturantes em Alagoas” afirmou Marx Beltrão.

O investimento na construção de uma nova orla em Coqueiro Seco traz para o município o aporte de uma importante incremento para oferta turística da cidade e tem o intuito de diversificar esta atividade, promovendo a geração de renda para comerciantes, artesãos, guias turísticos, entre outros. Com essa obra Coqueiro Seco se credencia ainda como uma das opções de roteiro turístico na região metropolitana de Maceió, como parte do complexo lagunar Mundau Manguaba, já que o município faz parte de rotas de embarcações que fazem o percurso pela Lagoa.

De acordo com a prefeita de Coqueiro Seco Decele Damaso, a obra vai contemplar mobilidade e agregar espaço para realização de eventos e divulgação do município. “Somos privilegiados com uma região lindíssima e a expectativa é bem positiva com esta obra, que irá alavancar nosso turismo. Agradecemos o esforço do deputado e ex-ministro Marx Beltrão por viabilizar este investimento”, afirmou a gestora.
 

Coqueiro Seco


O município de Coqueiro Seco faz parte do roteiro turístico do complexo turístico da Lagoa Manguaba, tendo sua majestosa igreja Matriz de Nossa Senhora Mãe dos Homens, que foi construída no século XVII pelo português José Cabral. Sua arquitetura bem preservada conta com um acervo de azulejos português da época colonial do Brasil.

Coqueiro Seco surgiu de um povoado de pescadores onde missionários franciscanos também buscaram se instalar na missão de evangelizar os índios da região, dando o nome do loca de Monte Santo. Entretanto essa denominação não pegou, porque os antigos moradores não aceitaram e continuaram a chamar de “Coqueiro Seco”, devido uma palmácea que ali tinha de palhas queimadas e onde todos se abrigavam.