Foto: Reprodução Twitter Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Outdoor machista foi colocado em Maceió

Costumo dizer que a luta contra o machismo precisa ser diária e que ele está presente em todos os lugares. Quando falamos sobre o machismo ainda é comum ouvirmos que isso é “mimimi” e que a mulher tem ganhado seu espaço dentro da sociedade, ou que ela quer ocupar o lugar que foi dado ao homem, ou até mesmo que machismo não existe.

Essa semana uma frase machista estava exposta em um outdoor em Maceió. Vi a frase após um designer que sigo no Twitter ter publicado a foto fazendo uma crítica ao outdoor. 

Não sei se essa peça publicitária foi de fato criado por um publicitário ou se foi feito por alguém que sequer da área é. Sei que quem fez disse algo que nunca deveria ser colocado em outdoor. 

Para quem não entendeu, eu explico: no outdoor tem escrito ‘na compra de um apto, o presente quem ganha é a sua esposa’. Quando analisamos essa frase é possível perceber que APENAS o homem pode comprar o apartamento. 

Só o homem trabalha e consegue independência financeira? Só o homem pode comprar um apartamento e a mulher vai ganhar dele? 

Outra questão é que quando o homem compra o apartamento, a mulher ganha um relógio rolex. Ou seja: a mulher ganha um brinde. Colocando-a como se ela não pudesse (também) comprar um relógio ou apartamento, ou como se ela merecesse um brinde, enquanto o marido fica com a melhor parte. 

Há quem pense que foi apenas uma frase. Por trás dela, há todo um contexto de sempre colocar a mulher como dependente do homem, inclusive financeiramente. Se não desconstruirmos o “machismo nosso de cada dia” não vamos encontrar apenas um outdoor no meio da rua, mas também vamos retroceder em tudo que já foi conquistado.

Quantas mulheres vocês conhecem que são incríveis, independentes, donas do seu próprio negócio e que podem comprar um apartamento sem depender de um homem? Eu conheço várias. 

Para quem fez a peça publicitária, deixo o recado: foi infeliz. Independente do “presente” que se ganha quando o homem compra o apartamento, colocar a mulher em segundo plano como se ela fosse incapaz de comprar algo por meio dos seus esforços é machismo, sim!