Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O projeto de lei que institui o Dia Municipal da Mulher Advogada, apresentado pela vereadora Aurélia Fernandes, atendendo a um pedido da Comissão da Mulher Advogada da OAB/ARapiraca, será colocado para votação na sessão que acontece na noite desta terça-feira (12).

O projeto de lei nº 50/2019 institui o dia 24 de novembro como o Dia Municipal da Valorização da Mulher Advogada e estabelece que, todos os anos, a Subseção de Arapiraca irá escolher uma advogada que se destacou na cidade para homenagear. Após a aprovação no Legislativo, segue para validação da prefeitura de Arapiraca.

Com a sanção do projeto, a primeira homenageada da OAB/Arapiraca é a advogada Sandra Gomes, que faleceu em 2017 aos 46 anos, escolhida pelos relevantes serviços prestados à advocacia e militância pelos direitos da mulher. Ela atuou como conselheira no Conselho das Mulheres de Arapiraca, na década de 1990, na mesma época e que mantinha um quadro falando sobre o assunto na rádio FM. 

A advogada também era muito conhecida pela defesa das prerrogativas e engajamento na OAB, onde chegou a atuar como juíza do Tribunal de Ética e Disciplina. Na época, já atuava como procuradora do município de Penedo e foi aprovada em concurso para a Procuradoria do Município de Arapiraca, mas preferiu permanecer trabalhando no município ribeirinho.

Sandra Gomes exerceu todas essas funções enquanto advogava, fazia especializações e formava sua família. Em 2007 ela casou-se com Alexis Zoltan Lied Venegas e dois anos depois, nasceu seu único filho, Felipe.

Ela faleceu em decorrência de problemas respiratórios no dia 06 de novembro de 2017, 17 anos depois de ter sido submetida a uma cirurgia para a retirada de um dos pulmões.

A Comissão da Mulher Advogada convida a todos para participar das discussões e da aprovação do projeto de lei, na sessão ordinária, que acontece hoje (12) a partir das 19h.