Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A primeira cerveja artesanal produzida por mulheres alagoanas foi vencedora da medalha de ouro em competição internacional, ocorrida nesta quinta-feira (07), na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A premiação ocorreu na Copa Internacional da Cerveja Poa, que reúne participantes de todo o Brasil e de outras regiões do mundo.

A medalha de ouro ficou com a Parea Cervejaria, que teve como carro chefe a cerveja ‘Enxerida’, lançada em 16 de outubro deste ano. Para Magda de Barros, proprietária da cervejaria, a premiação foi bastante importante para a marca como um todo, principalmente por não terem apoio no estado em um mercado que, segundo ela, é ”extremamente competitivo e masculinizado”.

“Foi importantíssimo para a gente, porque o prêmio não é dinheiro, é o reconhecimento que a gente vai ter agora. Está todo mundo comentando. Para mulher já é difícil empreender no Brasil, em Alagoas é mais difícil ainda. E a gente ser reconhecida a esse nível só nos motiva a continuar”, disse Magda, que falou da responsabilidade que ela e sua sócia, Karla Andrade passam a ter após vencerem na categoria Fruit Beer.

“É uma responsabilidade, porque agora todo mundo espera que a gente só faça cerveja boa. Todo detalhe agora vai  ser importantíssimo. É muito motivador para a gente não parar, para a gente continuar com esse sonho, porque a gente diz que estamos sonhando juntas, eu e Karla. Estou muito feliz mesmo”, concluiu.

*Estagiário com supervisão da editoria.