Foto: Cortesia Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Contra privatização da Casal, servidores realizam protesto em Maceió

Durante o Fórum Exame de Parcerias Público-Privadas (PPPs) e Concessões, que ocorreu na manhã desta quinta-feira (07), em um hotel no bairro Jatiúca, manifestantes realizaram um protesto na parte externa do prédio e afirmaram a ser ccontra a proposta do governador Renan Filho (MDB), de privatizar a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

De acordo com presidente do Sindicato dos Urbanitários, Nestor Powell, a proposta não é aceita pelos servidores e acreditam que possa haver outra alternativas. “Privatizar não é a solução, estamos abertos a um possível  dialogo com o governo, o que não é admissível é que o povo seja o maior prejudicado em toda essa historia”.

Ainda segundo o presidente, com a vinda da privatização, tudo tende a pior. “As pessoas acham que essa medida vai melhor o abastecimento, mas não é bem assim, vai piorar o abastecimento de água e o esgotamento sanitário em todo o Alagoas, isso é falácia”, destacou.

O evento que acontece em Maceió visa discutir, apresentar e proporcionar o debate de temas fundamentais para a harmonização dos interesses e das relações entre todos os envolvidos, como os poderes Executivo, Legislativo e regulador. 

 

São esperados mais de 200 investidores: empresários, representantes de construtoras, concessionárias, estruturadores de projetos, financiadores, além de servidores do Executivo, do Legislativo e de órgãos reguladores do Estado, prefeitos e lideranças da sociedade civil organizada.

 

*Estagiário sob a supervisão da editoria​​​​​​​