Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

O governador Renan Filho participou, na manhã desta quarta-feira (6), no Recife (PE), da abertura da Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC). O evento, que acontece no Arcádia Paço Alfândega, segue até sexta-feira (8).

Renan Filho afirmou que toda estratégia para o desenvolvimento econômico e social precisa, necessariamente, passar pela abordagem da preservação ambiental. Ele disse que é necessário proteger o meio ambiente das mudanças climáticas que afligem o planeta.

"O mundo desenvolvido, cada vez mais, defende esse caminho e todos nós, mesmo aqueles que precisam gerar emprego e dinamizar a economia, têm de fazê-lo preservando o meio ambiente. Acredito que esse é o caminho mais seguro para que a gente possa seguir adiante. Em Alagoas, a estratégia para o desenvolvimento do Estado é sempre combinada com a preservação ambiental necessária", disse Renan Filho.

A CBMC tem como objetivo promover um debate nacional e apontar soluções para cumprir o acordo de Paris. Serão três dias de intensos diálogos e mais de 50 painéis e atividades em nove diferentes espaços.

A conferência é organizada pelo Instituto Ethos, junto a um grupo de co-realizadores. O encontro reúne ONGs, comunidade científica, movimentos sociais, governos e o setor privado e público nacionais.

Além do governador Renan Filho, participaram da abertura da CBMC o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e o diretor-presidente do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA), Gustavo Lopes.

Consórcio

À tarde, Renan Filho participa, junto com os demais governadores do Nordeste, no Palácio do Campo das Princesas, de mais um encontro do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

Dentre os temas debatidos, estará o vazamento de óleo que atingiu todo o litoral da região, no maior desastre ambiental da costa brasileira.